Porto Alegre, quinta-feira, 15 de outubro de 2020.
Dia do Professor.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 15 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eventos

- Publicada em 13h48min, 15/10/2020.

Setor de eventos cobra liberação de atividades por parte do governo gaúcho

Empresários realizaram ato em frente ao Palácio Piratini nesta quinta-feira (15)

Empresários realizaram ato em frente ao Palácio Piratini nesta quinta-feira (15)


Bruna Oliveira/Especial/JC
Empresários do setor de eventos do Rio Grande do Sul realizaram na manhã desta quinta-feira (15) um ato em frente ao Palácio Piratini cobrando a liberação de atividades sociais no Estado. Desde o dia 22 de setembro, o governo do Estado liberou os eventos empresariais e de negócios, embora limitados, e estendeu ainda a permissão para a realização de shows e eventos culturais, também mediante restrições. No entanto, atividades como festas infantis, bailões, festas em casas noturnas, casamentos festas de 15 anos e formaturas seguem impedidos de acontecer.
Empresários do setor de eventos do Rio Grande do Sul realizaram na manhã desta quinta-feira (15) um ato em frente ao Palácio Piratini cobrando a liberação de atividades sociais no Estado. Desde o dia 22 de setembro, o governo do Estado liberou os eventos empresariais e de negócios, embora limitados, e estendeu ainda a permissão para a realização de shows e eventos culturais, também mediante restrições. No entanto, atividades como festas infantis, bailões, festas em casas noturnas, casamentos festas de 15 anos e formaturas seguem impedidos de acontecer.
Com uma faixa onde estavam os dizeres “SOS Eventos”, os empresários dividiram o espaço em frente à sede do governo estadual com os professores da rede pública gaúcha, que realizavam um ato alusivo ao Dia do Professor.
Nesta semana, o Grupo Live Marketing RS - que congrega mais de 300 empresas de eventos - cobrou da prefeitura de Porto Alegre a publicação de um decreto liberando a realização de eventos na cidade. Os empresários divulgaram uma carta aberta ao prefeito Nelson Marchezan Júnior cobrando a liberação, na medida em que o governo estadual já autorizou a volta das atividades.
Comentários CORRIGIR TEXTO