Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

conjuntura

- Publicada em 09h54min, 23/09/2020. Atualizada em 09h54min, 23/09/2020.

IPCA-15 fica em 0,45% em setembro, ante 0,23% em agosto, revela IBGE

Com o resultado agora anunciado, o IPCA-15 acumulou um aumento de 1,35% no ano

Com o resultado agora anunciado, o IPCA-15 acumulou um aumento de 1,35% no ano


EVANDRO LEAL/AGÊNCIA FREELANCER/FOLHAPRESS/JC
O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) registrou alta de 0,45% em setembro, após ter avançado 0,23% em agosto, informou nesta quarta-feira (23) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com o resultado agora anunciado, o IPCA-15 acumulou um aumento de 1,35% no ano. A taxa em 12 meses ficou em 2,65%.
O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) registrou alta de 0,45% em setembro, após ter avançado 0,23% em agosto, informou nesta quarta-feira (23) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com o resultado agora anunciado, o IPCA-15 acumulou um aumento de 1,35% no ano. A taxa em 12 meses ficou em 2,65%.
A alta de 0,45% no índice em setembro é a maior variação positiva do indicador para o mês desde 2012. Em setembro de 2012, o IPCA-15 havia avançou 0,48%. A leitura de setembro foi também a segunda mais alta de 2020, atrás apenas de janeiro, quando o IPCA-15 avançou 0,71%. De lá para cá, em todos os meses, o indicador ficou abaixo do 0,45% de setembro.
A aceleração em setembro (ante alta de 0,23% em agosto) fez o IPCA-15 fechar o terceiro trimestre com avanço de 0,98%, acima do 0,26% registrado no terceiro trimestre de 2019. Em setembro de 2019, o IPCA-15 registrou alta de 0,09%.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO