Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

EVENTOS

- Publicada em 17h26min, 17/09/2020. Atualizada em 17h35min, 17/09/2020.

Eventos corporativos e comerciais serão liberados a partir de terça-feira no RS

Eventos comerciais e corporativos como feiras, congressos e seminários poderão ser realizados mediante regras

Eventos comerciais e corporativos como feiras, congressos e seminários poderão ser realizados mediante regras


JOYCE ROCHA/JC
Fernanda Crancio
Algumas modalidades de eventos corporativos e comerciais poderão voltar a acontecer no Rio Grande do Sul já a partir da próxima terça-feira (22). Segundo anunciou o governador Eduardo Leite, o Executivo gaúcho publicará na segunda-feira (21) decreto com protocolos que valerão para a liberação de feiras e exposições, seminários, congressos, convenções, palestras, reuniões, treinamentos e cursos institucionais. Eventos sociais e que gerem aglomeração ainda continuarão proibidos.
Algumas modalidades de eventos corporativos e comerciais poderão voltar a acontecer no Rio Grande do Sul já a partir da próxima terça-feira (22). Segundo anunciou o governador Eduardo Leite, o Executivo gaúcho publicará na segunda-feira (21) decreto com protocolos que valerão para a liberação de feiras e exposições, seminários, congressos, convenções, palestras, reuniões, treinamentos e cursos institucionais. Eventos sociais e que gerem aglomeração ainda continuarão proibidos.
Após mais de quatro meses de tratativas com o setor, o governo gaúcho analisou os protocolos sugeridos pelo segmento e apresentará nesta sexta (18), em reunião com representantes do Grupo Live Marketing RS, que integra mais de 340 empresas da área, o decreto com as regras para reabertura restrita das atividades. O tema havia avançado em reunião na terça-feira (15) e já era aguardado para sexta o anúncio dos protocolos.
Segundo o Executivo, três grupos de eventos serão permitidos neste momento, mediante uma série de regras de segurança e proteção a serem divulgadas: Feiras e Exposições corporativas e comerciais; Seminários, congressos, convenções, simpósios, conferências, palestras e similares; e Reuniões corporativas, oficinas, treinamentos e cursos corporativos.
"Terão de ser observados rigorosos protocolos, como limitação de pessoas e distanciamento entre elas, sistema de renovação de ar, cuidado nas entradas e saídas de pessoas, uso de máscara e medidas constantes de higienização", destacou Leite, ponderando que eventos sociais e comemorativos como casamentos, aniversários e formaturas seguem proibidos neste momento.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/09/11/206x137/1_jr_110920___evento_teste__28_-9134116.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5f5bc8a0e8f9d', 'cd_midia':9134116, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/09/11/jr_110920___evento_teste__28_-9134116.jpg', 'ds_midia': 'À dir. Liliane Kratzig, diretora da LK Comunicação Visual. ', 'ds_midia_credi': 'JOYCE ROCHA/JC', 'ds_midia_titlo': 'À dir. Liliane Kratzig, diretora da LK Comunicação Visual. ', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}
Evento-teste na Fiergs simulou congresso e feira de negócios com palestras. Crédito: Joyce Rocha/JC
O governador enfatizou ainda que os protocolos resultam em uma ampla construção da equipe governamental e representantes do setor, e comentou o êxito dos eventos-teste organizados pelo segmento em Porto Alegre, no último final de semana, quando foram simulados um show e um congresso corporativo, nos moldes do que será permitido. Disse ainda que a decisão considera a repercussão econômica que envolve o setor, com atividades paralisadas há mais de seis meses. "Uma feira de exposições, com regras, protocolos e restrições não se diferencia muito de um shopping center, que reúne, como as feiras, estandes, lojas e outras atividades. Entendemos que é possível fazer com protocolos e cuidados", explicou Leite.
O Grupo Live Marketing comemorou o que chamou de "finalmente uma resposta concreta", mas ponderou que a liberação gradual das atividades é apenas o início da retomada que o setor almeja. Para um dos coordenadores do grupo, Rodrigo Machado, o anúncio mostra que os protocolos sugeridos pelo segmento deram certo. "O setor de eventos recebe com muita felicidade esse anúncio, conversamos desde maio e esperávamos há algumas semanas por isso. É um grande passo e, como o governador falou, vai ser avaliado com frequência para que possa evoluir para a abertura de mais atividades e ampliar as que serão abertas imediatamente", ressaltou.
Comentários CORRIGIR TEXTO