Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Conjuntura

- Publicada em 08h35min, 14/08/2020. Atualizada em 08h35min, 14/08/2020.

IGP-10 tem inflação de 2,53% em agosto, diz FGV

Com isso, o indicador acumula taxas de inflação de 9,24% no ano e de 11,84% em 12 meses

Com isso, o indicador acumula taxas de inflação de 9,24% no ano e de 11,84% em 12 meses


Agência Brasil/Divulgação/JC
O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), teve inflação de 2,53% em agosto deste ano, taxa superior ao 1,91% de julho. Com isso, o indicador acumula taxas de inflação de 9,24% no ano e de 11,84% em 12 meses. A alta da taxa de julho para agosto foi puxada principalmente pelos preços no atacado, medidos pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo.
O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), teve inflação de 2,53% em agosto deste ano, taxa superior ao 1,91% de julho. Com isso, o indicador acumula taxas de inflação de 9,24% no ano e de 11,84% em 12 meses. A alta da taxa de julho para agosto foi puxada principalmente pelos preços no atacado, medidos pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo.
O índice passou de 2,54% em julho para 3,38% em agosto, de acordo com a FGV. O Índice Nacional de Custo da Construção também contribuiu para a alta do IGP-10, ao passar de 0,62% em julho para 1,01% em agosto. Por outro lado, a inflação do Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, recuou de 0,50% em julho para 0,48% em agosto.
Agência Brasil
Comentários CORRIGIR TEXTO