Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Agronegócios

- Publicada em 19h29min, 25/07/2020. Atualizada em 19h29min, 25/07/2020.

Senasa realiza operações aérea e terrestre contra nuvem de gafanhotos na Argentina

Expectativa é de que as operações deste sábado resolvam o problema

Expectativa é de que as operações deste sábado resolvam o problema


divulgação Senasa
Neste sábado (25) ocorreram novas operações de pulverização contra gafanhotos, com equipes do Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa) atuando em avião agrícola e tratores, na província de Entre Rios, que faz fronteira com o Uruguai. Até o final da tarde, nenhuma das autoridades da área havia estimado o percentual da nuvem de insetos que foi exterminado com as pulverizações realizadas na quinta-feira (23), com produtores rurais. Porém, há expectativa de que as operações deste sábado resolvam o problema.
Neste sábado (25) ocorreram novas operações de pulverização contra gafanhotos, com equipes do Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa) atuando em avião agrícola e tratores, na província de Entre Rios, que faz fronteira com o Uruguai. Até o final da tarde, nenhuma das autoridades da área havia estimado o percentual da nuvem de insetos que foi exterminado com as pulverizações realizadas na quinta-feira (23), com produtores rurais. Porém, há expectativa de que as operações deste sábado resolvam o problema.
Os gafanhotos que estavam em Entre Rios haviam entrado na Argentina em maio, vindos do Paraguai. A nuvem chegou a ter 15 quilômetros quadrados em voo, segundo o Senasa. Cerca de um terço dela havia sido eliminada em ações anteriores – principalmente duas pulverizações aéreas ocorridas em Corrientes, em 26 de junho e 2 de julho.
Nesta sexta o governo gaúcho publicou o Plano de Emergência para Supressão e Controle de Gafanhotos no Estado, complementando a portaria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que no dia 29 de junho havia apresentado diretrizes para o uso de oito produtos químicos e biológicos autorizados contra os insetos.
Adriana Lampert
Comentários CORRIGIR TEXTO