Porto Alegre, quinta-feira, 23 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 23 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Trabalho

Atualizada em 12h16min, 23/07/2020.

Caixa lança crédito para antecipar até três parcelas do saque-aniversário do FGTS

Beneficiário já pode fazer contratação do crédito e liberação do dinheiro começa na segunda

Beneficiário já pode fazer contratação do crédito e liberação do dinheiro começa na segunda


ALEXANDRO AULER/JC
Folhapress
A Caixa Econômica lançou, nesta quinta-feira (23), uma linha de crédito para antecipar até três parcelas do saque-aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). O interessado não é obrigado a adiantar o recebimento das três parcelas, pode optar pela antecipação de uma ou duas, desde que o valor mínimo seja de R$ 2.000.
A Caixa Econômica lançou, nesta quinta-feira (23), uma linha de crédito para antecipar até três parcelas do saque-aniversário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). O interessado não é obrigado a adiantar o recebimento das três parcelas, pode optar pela antecipação de uma ou duas, desde que o valor mínimo seja de R$ 2.000.
A expectativa é de que mais de 1 milhão de beneficiários façam a adesão. Do total, 6,13 milhões optaram pelo saque-aniversário, que corresponde a 10% do total dos trabalhadores.
Destes, 3,9 milhões são clientes da Caixa. A solicitação do empréstimo poderá ser feita pelo internet banking da instituição ou pelo aplicativo e site do FGTS.
A taxa de juros cobrada pela Caixa é de 0,99% ao mês. "É uma linha muito barata comparada às demais. Mais baixas até que a maioria das linhas de crédito consignado", afirmou Pedro Guimarães, presidente da Caixa.
O beneficiário já pode fazer a contratação do crédito e a liberação do dinheiro começa na segunda-feira (27).
O saque-aniversário, que é opcional, permite ao trabalhador sacar um percentual do saldo do FGTS todos os anos, observados os valores constantes de uma tabela. Quanto menor for o saldo, maior o percentual do saque, podendo a alíquota variar de 5% até 50% do saldo.
Comentários CORRIGIR TEXTO