Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CRÉDITO

- Publicada em 15h15min, 20/07/2020. Atualizada em 20h07min, 20/07/2020.

BRDE aprova R$1 bilhão com BNDES para financiar projetos de setores da Região Sul

 Crédito é voltado a mitigar impactos da Covid-19, e beneficia o agronegócio e empreendedores

Crédito é voltado a mitigar impactos da Covid-19, e beneficia o agronegócio e empreendedores


BRDE/DIVULGAÇÃO/JC
O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) aprovou junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) um limite de crédito de R$1 bilhão para financiar projetos de investimento em diferentes setores nos três estados da Região Sul. O valor será disponibilizado para as operações do segundo semestre de 2020 e é 45% maior do que o destinado no semestre anterior.
O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) aprovou junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) um limite de crédito de R$1 bilhão para financiar projetos de investimento em diferentes setores nos três estados da Região Sul. O valor será disponibilizado para as operações do segundo semestre de 2020 e é 45% maior do que o destinado no semestre anterior.
Segundo a instituição, a aprovação do limite chega em um momento em que as instituições integrantes do Sistema Nacional de Fomento (SNF) têm buscado alternativas e soluções de crédito para reduzir os impactos sociais e as perdas econômicas causadas pela pandemia da Covid-19. “O limite de crédito foi aprovado em um momento crucial, já que muitos segmentos têm sido bastante afetados pela pandemia, e serão beneficiados por meio do Programa Recupera Sul", afirma o presidente do BRDE, Luiz Corrêa Noronha. Também haverá uma destinação importante ao agronegócio, em especial nos investimentos do novo Plano-Safra.
O banco exerce historicamente um papel relevante na descentralização do acesso aos recursos aos produtores rurais, empresas e setor público, e o novo limite de crédito será fundamental para a continuidade dessa política de crédito voltada ao setor agropecuário, às micro, pequenas e médias empresas e no enfrentamento da crise.
Os recursos serão repassados com condições financeiras diferenciadas, em operações de longo prazo, e poderão ser acessados através do site do BRDE  ou por email (brders@brde.com.br).
Comentários CORRIGIR TEXTO