Porto Alegre, quinta-feira, 25 de junho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 25 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

agronegócios

Notícia da edição impressa de 25/06/2020. Alterada em 25/06 às 10h48min

Afagro alerta para exposição de fiscais agropecuários ao coronavírus

Samuel Dias é responsável pela supervisão de 12 frigoríficos no Estado

Samuel Dias é responsável pela supervisão de 12 frigoríficos no Estado


/Ricardo Freitas Schmid
Os fiscais estaduais agropecuários fazem parte das categorias que estão na linha de frente do enfrentamento à pandemia. A categoria é responsável pela inspeção e fiscalização da produção de origem animal e vegetal em todas as etapas. "O nosso trabalho é essencial para garantir alimentos seguros e de qualidade à população, principalmente em um momento de pandemia", avalia o presidente da Associação dos Fiscais Agropecuários do Rio Grande do Sul (Afagro), Pablo Fagundes Ataide. Aproveitando o Dia do Fiscal Estadual Agropecuário, comemorado nesta quinta-feira (25), o dirigente ressalta que sem o olhar atento do fiscal, os consumidores não teriam uma garantia sobre a qualidade e a procedência dos alimentos.
Os fiscais estaduais agropecuários fazem parte das categorias que estão na linha de frente do enfrentamento à pandemia. A categoria é responsável pela inspeção e fiscalização da produção de origem animal e vegetal em todas as etapas. "O nosso trabalho é essencial para garantir alimentos seguros e de qualidade à população, principalmente em um momento de pandemia", avalia o presidente da Associação dos Fiscais Agropecuários do Rio Grande do Sul (Afagro), Pablo Fagundes Ataide. Aproveitando o Dia do Fiscal Estadual Agropecuário, comemorado nesta quinta-feira (25), o dirigente ressalta que sem o olhar atento do fiscal, os consumidores não teriam uma garantia sobre a qualidade e a procedência dos alimentos.
Por conta da rotina de contato direto com pessoas, alguns servidores já atestaram positivo para Covid-19. É o caso do fiscal estadual agropecuário Samuel Dias, que atua na inspetoria de defesa agropecuária de Farroupilha, na Serra. Juntamente com outros dois colegas, o servidor é responsável pela supervisão de 12 frigoríficos, além de 27 laticínios, fábricas de embutidos e granjas. "A gente sabe que o nosso trabalho é importante e que precisamos manter o abastecimento", afirma Samuel.
Ao longo do mês, o servidor visita, em média, de 15 a 20 estabelecimentos nos municípios da região. té o momento, há pelo menos quatro casos de servidores da agricultura positivos para o coronavírus nos municípios de São Sepé, Farroupilha, Palmeira das Missões e Cruz Alta. Destes, três são fiscais estaduais agropecuários.
Comentários