Porto Alegre, domingo, 19 de julho de 2020.
Nelson Mandela Day.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 19 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Varejo

- Publicada em 21h27min, 23/06/2020. Alterada em 00h47min, 24/06/2020.

Mercado Público adota limite e controle no fluxo a partir desta quarta-feira

Apenas 25% dos clientes podem ingressar por vez e atendimento será em balcão no ponto

Apenas 25% dos clientes podem ingressar por vez e atendimento será em balcão no ponto


MARCO QUINTANA/JC
A retomada de restrições a atividades econômicas e à movimentação em Porto Alegre vai alterar o acesso das pessoas a um dos mais tradicionais pontos de fluxo no Centro da Capital. O Mercado Público informou que vai operar com 25% da capacidade da lotação. Apenas as entradas pelo Largo Glenio Peres e pala avenida Borges de Medeiros estarão abertas, informou a Associação do Comércio do Mercado Público Central (Ascomepc).
A retomada de restrições a atividades econômicas e à movimentação em Porto Alegre vai alterar o acesso das pessoas a um dos mais tradicionais pontos de fluxo no Centro da Capital. O Mercado Público informou que vai operar com 25% da capacidade da lotação. Apenas as entradas pelo Largo Glenio Peres e pala avenida Borges de Medeiros estarão abertas, informou a Associação do Comércio do Mercado Público Central (Ascomepc).
As novas orientações começam a vigorar nesta quarta-feira (24). Decreto lançado pela prefeitura provoca situação muito semelhante àquela de março, logo que começaram as medidas para frear a transmissão do novo coronavírus. Aglomerações em áreas como parques e passeios vão ter multa. O foco agora é reduzir ritmo da demanda de doentes com o novo coronavírus para UTIs. 
Os frequentadores não poderão ingressar dentro das lojas e bancas, que tinham esta opção. O atendimento será em um balcão em frente ao ponto. Não deve ser formado fila nos estabelecimentos.
A associação esclarece que, a partir de quinta-feira (25), restaurantes, lancherias e sorveterias só poderão atender com tele-entrega ou take away (pegue e leve). os demais pontos poderão operar no balcão.
O Mercado Público já vinha usando a aferição de temperatura e vai continuar. O uso da máscaras é obrigatório. O funcionamento vai de segunda a sexta, das 7h30min às 19h, e, aos sábados, das 7h30min às 18h30.
Segundo a Ascomepc, o centro comercial mais antigo da Capital sofreu desinfecção preventiva nesta segunda e terça-feira.
Comentários CORRIGIR TEXTO