Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Varejo

- Publicada em 03h00min, 08/06/2020.

Acordo permite a abertura de lojas no Corpus Christi

Feriado é na véspera do Dia dos Namorados, data importante para vendas

Feriado é na véspera do Dia dos Namorados, data importante para vendas


MARCO QUINTANA/JC
Uma negociação coletiva inédita entre o Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre (Sindilojas Porto Alegre) e o Sindicato dos Empregados do Comércio de Porto Alegre (Sindec POA) resultou na permissão de abertura das lojas do setor varejista no próximo feriado de Corpus Christi, celebrado na quinta-feira, 11 de junho.
Uma negociação coletiva inédita entre o Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre (Sindilojas Porto Alegre) e o Sindicato dos Empregados do Comércio de Porto Alegre (Sindec POA) resultou na permissão de abertura das lojas do setor varejista no próximo feriado de Corpus Christi, celebrado na quinta-feira, 11 de junho.
O Sindilojas Porto Alegre espera que, com isso, os estabelecimentos comerciais possam recuperar parte do prejuízo que tiveram enquanto estavam com as portas fechadas durante a pandemia, já que o feriado antecipa uma data importante para o setor: o Dia dos Namorados. Segundo Paulo Kruse, presidente da entidade, "o momento pede flexibilização para todos os envolvidos, pois tanto lojistas quanto funcionários já foram muito prejudicados e precisam se unir para superar as perdas".
O novo acordo estipula que os empregados que trabalharem na próxima quinta-feira devem receber o valor de R$ 46,21 pelo feriado trabalhado, refeição ou vale em valor preestabelecido de acordo com o número de empregados. Os trabalhadores também terão direito a uma folga a mais.
A Convenção Coletiva de Trabalho da categoria firmada entre as entidades para o período de novembro de 2019 a outubro de 2020 contém regras que visam equilibrar as relações de trabalho entre os empregadores e os empregados. Entre elas está a proibição de abertura de lojas com o uso de empregados durante os feriados que ocorrerem neste período (o que está sendo flexibilizado, conforme explicado anteriormente, em função do atual momento). A CCT prevê, ainda, que as lojas que desejarem abrir nessas condições, em feriados e com o suporte de funcionários contratados, devem firmar acordo coletivo diretamente com os sindicatos, e que as lojas que não obedecerem tais regras ficariam sujeitas a fiscalização e multa, condição que deixa de valer excepcionalmente para o próximo feriado de Corpus Christi. Cabe ressaltar que a abertura é opcional, e não obrigatória, e que as lojas devem seguir as orientações de higienização e funcionamento conforme estipulado no Decreto nº 20.583, publicado pela prefeitura municipal de Porto Alegre.
O novo acordo para a próxima data foi intermediado pelo escritório parceiro do Sindilojas Porto Alegre, Flávio Obino Filho Advogados Associados.

Dia dos Namorados pode reaquecer vendas, diz FCDL-RS

A crise econômica causada pela pandemia vai fazer o consumidor gastar menos na compra de presentes e lembranças neste Dia dos Namorados. Essa é a perspectiva da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS) para o dia 12 de junho. É a primeira data de relevância para o varejo gaúcho após a reabertura do comércio em nível estadual, e os lojistas podem aproveitar a ocasião para buscar reaquecer as vendas, tão prejudicadas ao longo de março, abril e boa parte de maio. Mesmo assim, projetar algum percentual comparativo em relação à mesma data de 2019 fica muito difícil diante da inusitada situação mundial.

"A FCDL-RS acredita que este é um momento que pode representar uma retomada nas vendas do varejo gaúcho. É fundamental que o atendimento tenha a qualidade de sempre, acrescido de todos os cuidados de saúde e higiene preconizados pelas autoridades", ressalta o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

No que diz respeito aos presentes que deverão ser os mais procurados, a concentração maior ficará nos artigos de vestuário, calçados, perfumes, cosméticos, flores e eletroeletrônicos, sendo que os produtos com promoções impactantes devem atrair a atenção dos consumidores.

Comentários CORRIGIR TEXTO