Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Lajeado

- Publicada em 10h19min, 01/05/2020. Atualizada em 10h39min, 01/05/2020.

Lajeado e mais 36 cidades têm de voltar a fechar o comércio nos Vales do RS

Prefeitura de Lajeado já havia se antecipado e fechado o comércio devido ao surto de casos

Prefeitura de Lajeado já havia se antecipado e fechado o comércio devido ao surto de casos


CLARISSA JAEGER/DIVULGAÇÃO/CIDADES
Lajeado e mais 36 cidades que estão na região dos Vales do Rio Grande do Sul têm de voltar a fechar o comércio a partir desta sexta-feira (1 de maio). A medida, que havia sido anunciada pelo governador Eduardo Leite nessa quinta-feira (30 de abril), está em decreto que prevê as ações para combater a pandemia de coronavírus. Aumento de casos de Covid-19 e elevada ocupação de UTIs em Lajeado balizaram a decisão.
Lajeado e mais 36 cidades que estão na região dos Vales do Rio Grande do Sul têm de voltar a fechar o comércio a partir desta sexta-feira (1 de maio). A medida, que havia sido anunciada pelo governador Eduardo Leite nessa quinta-feira (30 de abril), está em decreto que prevê as ações para combater a pandemia de coronavírus. Aumento de casos de Covid-19 e elevada ocupação de UTIs em Lajeado balizaram a decisão.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Passo Fundo e mais 62 municípios do Norte gaúcho têm a mesma proibição. Na Região Metropolitana (RMPA), o comércio foi autorizado a abrir.
Na prática, as duas regiões já começam a ter medidas dentro do distanciamento controlado. O modelo ainda terá mais especificações, com protocolo que definirá as regras e como será aplicado a 20 regiões do Estado. Lajeado é a terceira cidade em casos, atrás de Porto Alegre (primeira) e Passo Fundo (segunda). O município, diante do agravamento do quadro, já havia decidido fechar o comércio nessa quinta.
Mas haverá uma brecha para o funcionamento das lojas na semana que antecede o domingo do Dia das Mães, em 10 de maio. O decreto estadual permite que os estabelecimentos operem vendas com tele-entrega, drive-thru e pegue e leve (encomenda feita por internet ou telefone) com retirada no estabelecimento. Mas o governador deixou claro que as prefeituras terão de garantir controles e medidas de higiene e segurança de clientes e operações para evitar maior exposição a riscos.
No caminho inverso, o governo estadual liberou para reabertura no comércio e serviço não essenciais na Região Metropolitana (RMPA) a partir desta sexta-feira. Outra medida é o uso obrigatório de máscara em ônibus, táxis, aplicativos e metrô em todo o Estado. As novas regras estarão em decreto a ser publicado até esta sexta. Outra decisão é que a rede pública de ensino voltará às aulas em 1º de junho, e a particular poderá ter início antecipado em maio ainda, caso siga o protocolo a ser definido ainda para o setor. 
As normas em vigor venceram nessa quinta. O novo decreto é chamado de transitório, enquanto o definitivo com o regramento do distanciamento controlado não for lançado. A previsão é de que, até o fim da próxima semana, o novo regulamento seja oficializado.        
Os novos critérios de indicadores que nortearão o novo tipo de gestão para a pandemia de coronavírus seguem bandeiras nas cores verde (menos riscos) até a preta (maior grau de risco) para orientar como será a vida nas 20 regiões gaúchas, enquanto a pandemia representar riscos e exigir monitoramento. Norte e Vales estão na cor vermelha, que é o segundo maior nível de gravidade. A RMPA está em laranja. 
Passam a pesar na definição de maior ou menor grau de operação de setores, principalmente os que geram maior fluxo e aglomeração, a velocidade de registro de novos casos e a sobrecarga de leitos de UTIs.   

Cidades dos Vales do RS que não podem abrir o comércio: 

  • Anta Gorda
  • Arroio do Meio
  • Bom Retiro do Sul
  • Boqueirão do Leão
  • Canudos do Vale
  • Capitão
  • Colinas
  • Coqueiro Baixo
  • Cruzeiro do Sul
  • Dois Lajeados
  • Doutor Ricardo
  • Encantado
  • Estrela
  • Fazenda Vilanova
  • Forquetinha
  • Ilópolis
  • Imigrante
  • Lajeado
  • Marques de Souza
  • Muçum
  • Nova Bréscia
  • Paverama
  • Poço das Antas
  • Pouso Novo
  • Progresso
  • Putinga
  • Relvado
  • Roca Sales
  • Santa Clara do Sul
  • São José do Herval
  • São Valentim do Sul
  • Sério
  • Taquari
  • Teutônia
  • Travesseiro
  • Vespasiano Correa
  • Westfalia 
Comentários CORRIGIR TEXTO