Porto Alegre, quinta-feira, 26 de março de 2020.
Aniversário de Porto Alegre. Dia do Cacau.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, quinta-feira, 26 de março de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

mercado financeiro

25/03/2020 - 16h05min. Alterada em 25/03 às 16h05min

Ouro fecha em baixa com menos busca por segurança após pacote fiscal dos EUA

O ouro para abril encerrou em alta de 5,95%, a US$ 1.660,80 a onça-troy, na Comex

O ouro para abril encerrou em alta de 5,95%, a US$ 1.660,80 a onça-troy, na Comex


VISUALHUNT.COM/DIVULGAÇÃO/JC
Depois de ter registrado a maior alta porcentual em 11 anos na terça-feira (24), o contrato futuro do ouro fechou em baixa nesta quarta-feira (25), com os investidores menos dispostos a comprar ativos seguros após o otimismo gerado no mercado pelo acordo nos Estados Unidos por um pacote fiscal trilionário, proposto pelo governo para tentar conter os impactos econômicos da pandemia de coronavírus.
Depois de ter registrado a maior alta porcentual em 11 anos na terça-feira (24), o contrato futuro do ouro fechou em baixa nesta quarta-feira (25), com os investidores menos dispostos a comprar ativos seguros após o otimismo gerado no mercado pelo acordo nos Estados Unidos por um pacote fiscal trilionário, proposto pelo governo para tentar conter os impactos econômicos da pandemia de coronavírus.
O ouro para abril encerrou em alta de 5,95%, a US$ 1.660,80 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).
Nos EUA, republicanos, democratas e a Casa Branca chegaram a um acordo durante a madrugada sobre o pacote trilionário de estímulos fiscais que o país aprovará para apoiar indivíduos e empresas durante a pandemia. A possibilidade de um entendimento no Congresso já animava o mercado financeiro desde ontem.
"O preço do ouro está diminuindo após duas impressionantes sessões de ganhos", comenta o analista-chefe da ActivTrades, Carlo Alberto De Casa. Para o especialista, o apetite por risco que domina o mercado hoje "não está apoiando os preços do ouro, enquanto os investidores provavelmente estão voltando a colocar alguma liquidez em ações".
"O ouro acabará se beneficiando de todo esse estímulo e do dólar mais baixo, mas hoje é tudo sobre as ações", avalia Edward Moya, analista sênior de mercado da Oanda. (Com informações da Dow Jones Newswires)