Porto Alegre, segunda-feira, 23 de março de 2020.
Dia Mundial do Meteorologista.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de março de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

mercado financeiro

23/03/2020 - 16h03min. Alterada em 23/03 às 16h02min

Ouro sobe 5,59% com busca por segurança em meio a coronavírus e dólar em queda

barras de ouro - crédito Photo via VisualHunt.com VISUALHUNT.COM/DIVULGAÇÃO/JC

barras de ouro - crédito Photo via VisualHunt.com VISUALHUNT.COM/DIVULGAÇÃO/JC


VISUALHUNT.COM/DIVULGAÇÃO/JC
Os contratos futuros do ouro fecharam em alta nesta segunda-feira (23), com os investidores em busca de ativos seguros à medida que a pandemia de coronavírus avança pelo mundo. Além disso, novas medidas do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) enfraqueceram o dólar, o que deixa a commodity mais barata para detentores de outras divisas e pode aumentar a demanda.
Os contratos futuros do ouro fecharam em alta nesta segunda-feira (23), com os investidores em busca de ativos seguros à medida que a pandemia de coronavírus avança pelo mundo. Além disso, novas medidas do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) enfraqueceram o dólar, o que deixa a commodity mais barata para detentores de outras divisas e pode aumentar a demanda.
O ouro para abril encerrou em alta de 5,59%, a US$ 1.567,60 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), quase todos os países do mundo já registraram casos de coronavírus e a pandemia está acelerando. Nesta segunda, o avanço da doença em escala global e um impasse no Senado dos Estados Unidos sobre um pacote de estímulos fiscais sustentam a cautela dos investidores e favorecem a busca por ativos seguros como o ouro.
Além disso, as novas medidas do Fed para aumentar a liquidez e apoiar o mercado de crédito pressionam o dólar. "Os negociadores de ouro receberam bem a notícia. A ação do Fed criou um movimento explosivo de alta no preço do ouro", comenta o analista-chefe de mercado da AvaTrade, Naeem Aslam.
Segundo o especialista, porém, ainda pode haver alguma pressão de venda do metal precioso, "se o pânico voltar". Na semana passada, investidores venderam até mesmo ativos seguros, para compensar as perdas com ativos de risco.
* Com informações da Dow Jones Newswires