Porto Alegre, quinta-feira, 19 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Tecnologia

19/03/2020 - 13h59min. Alterada em 19/03 às 13h59min

União Europeia pede à Netflix que pare de transmitir em alta definição

Ao fazer transmissões com qualidade mais baixa, o uso de internet é menor

Ao fazer transmissões com qualidade mais baixa, o uso de internet é menor


LIONEL BONAVENTURE/AFP/JC
Folhapress
Em meio à pandemia do novo coronavírus que atualmente tem na Europa um de seus mais graves cenários, a União Europeia pediu à Netflix que ela ajude a garantir o acesso à internet da população do bloco.
Em meio à pandemia do novo coronavírus que atualmente tem na Europa um de seus mais graves cenários, a União Europeia pediu à Netflix que ela ajude a garantir o acesso à internet da população do bloco.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Thierry Breton, comissário europeu para o mercado interno, informou na noite desta quarta-feira (18), pelas redes sociais, que teve uma importante conversa com o diretor executivo da plataforma de streaming.
"Para combater a Covid-19, nós ficamos em casa", escreveu. "Trabalho remoto e streaming ajudam muito, mas as infraestruturas podem estar sob tensão."
A preocupação é que, agora que muitas pessoas estão confinadas em suas casas em diversos países europeus, o acesso à internet sofra com a alta demanda.
Além do home office, preocupa as autoridades o fato de que, diante do fechamento de cinemas, teatros e lojas, as pessoas comecem a usar boa parte de seu tempo assistindo a conteúdos online.
"Para garantir o acesso à internet para todos, vamos mudar para a definição padrão quando o HD não for necessário", disse o comissário em relação à qualidade de exibição dos filmes e séries da Netflix.
Ao fazer transmissões com qualidade mais baixa, o uso de internet é menor e, consequentemente, isso contribui para uma diminuição no uso de dados, sem sobrecarregar o sistema.
De acordo com a CNN americana, os dois devem voltar a discutir o problema nesta quinta (19).