Porto Alegre, sábado, 17 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 17 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Feiras

- Publicada em 14h19min, 13/03/2020. Atualizada em 15h38min, 13/03/2020.

Movelsul é adiada em Bento Gonçalves; nova data será ainda definida

Feira, um dos principais eventos do setor na América Latina, seria de 16 a 19 de março em Bento Gonçalves

Feira, um dos principais eventos do setor na América Latina, seria de 16 a 19 de março em Bento Gonçalves


AUGUSTO TOMASI/DIVULGAÇÃO/JC
Uma das principais feiras do setor moveleiro brasileiro e da América Latina foi suspensa devido à pandemia de coronavírus. Outros eventos e atividades estão sendo adiados e cancelados no Rio Grande do Sul.
Uma das principais feiras do setor moveleiro brasileiro e da América Latina foi suspensa devido à pandemia de coronavírus. Outros eventos e atividades estão sendo adiados e cancelados no Rio Grande do Sul.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
O Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis) comunicou que a feira Movelsul Brasil 2020, que seria de 16 a 19 de março, foi adiada "em virtude do avanço global do coronavírus". 
O adiamento seguiu decreto municipal, publicado nesta sexta-feira (13). A organização diz que uma nova data para a Movelsul está sendo avaliada e será informada quando for definida. No fim de fevereiro, o sindicato chegou a informar que monitorava a situação de disseminação do vírus.  
Segundo a entidade, a decisão foi tomada em conversas com os órgãos de saúde. A preocupação é a exposição de riscos para de expositores, visitantes, importadores, prestadores de serviço e comunidade em geral.
"É preciso salientar que os interesses econômicos jamais foram colocados como prioritários diante da preservação da saúde pública. No momento, entretanto, a realização do evento torna-se inviável", justificou o Sindmóveis.
Comentários CORRIGIR TEXTO