Porto Alegre, sábado, 26 de setembro de 2020.
Dia Nacional dos Surdos.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 26 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Varejo

- Publicada em 20h20min, 11/03/2020. Atualizada em 09h31min, 12/03/2020.

Dobra número de festas de rua inspiradas no Saint Patricks Day

Festividades começam neste sábado e seguirão nos próximos dias em Porto Alegre

Festividades começam neste sábado e seguirão nos próximos dias em Porto Alegre


Shamrock Irish Pub/Reprodução/JC/
Adriana Lampert
Este ano, o número de eventos de rua promovidos na Capital em torno do Saint Patrick’s Day deve dobrar frente a 2019. Dados da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE) indicam que pelo menos 10 mil pessoas são esperadas pelos organizadores das festas, que devem ocorrer em 11 bairros da cidade entre os dias 14 a 28 de março.
Este ano, o número de eventos de rua promovidos na Capital em torno do Saint Patrick’s Day deve dobrar frente a 2019. Dados da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE) indicam que pelo menos 10 mil pessoas são esperadas pelos organizadores das festas, que devem ocorrer em 11 bairros da cidade entre os dias 14 a 28 de março.
Segundo o secretário-adjunto da SMDE, Leandro Balardin, ao todo tramitam 21 solicitações de licença no Escritório de Eventos da Secretaria, sendo que destas pelo menos três festas estão previstas para acontecer no bairro Cidade Baixa. Mas, dependendo da localização, é possível que ao menos um pedido seja indeferido nesta região. “A prefeitura determinou que não seja licenciado nenhum evento em espaços públicos no quadrilátero das avenidas Venâncio Aires, Loureiro da Silva, João Pessoa e rua João Alfredo, durante todo o mês de março”, adianta Balardin.
“No ano passado, conseguimos garantir que todas as festas transcorressem com tranquilidade e ordem, sem que houvesse prejuízo ao espaço coletivo. Neste ano, temos mais eventos em análise, então é natural que lancemos um olhar cuidadoso para os espaços que deverão receber os adeptos dessa grande festa”, reforça Balardin. O secretário-adjunto observa que a medida “vem para amenizar os conflitos com moradores e respeitar o direito de ir e vir, dados as ocorrências recentes” no bairro Cidade Baixa.
“Sabemos da importância destes eventos para os proprietários de bares”, pondera Balardin, emendando que as decisões atendem a recomendações da Guarda Municipal e da Brigada Militar, e solicitações de moradores e comerciantes da região. Ele destaca que em outros bairros, como o Moinhos de Vento (onde estão previstas quatro festas de rua alusivas ao Saint Patrick’s Day), os eventos ocorrerão normalmente.
Além de fiscalização da SMDE em todos os eventos, a Prefeitura anda determinou que o maior deles, na rua Padre Chagas (Moinhos de Vento), seja condicionado ao controle de acesso aos cruzamentos com a Fernando Gomes e Hilário Ribeiro, uma vez que a rua será fechada para a festa e para garantir que o público fique dentro da estimativa de até 3 mil pessoas. No entanto, a expectativa extraoficial é de que 5 a 6 mil pessoas compareçam no dia 17 de março para prestigiar a programação.
Conforme a analista de Marketing do Mulligan Irish Pubs, Marina Azevedo, a festa na Padre Chagas começa a partir das 17h e contará com apresentações musicais, DJ, decoração típica, loja para venda de adereços irlandeses, food trucks e ilhas de chope. Iniciativas semelhantes devem seguir ocorrendo durante toda a semana, a exemplo do St Patrick´s Day do bairro São Geraldo, que acontecerá no dia 21. “Está sendo muito esperado, pois nosso faturamento cai em 20% nos dois primeiros meses do ano”, comenta o sócio-proprietário da Cervejaria 4beer, Caio de Santi. A festa deve “fechar” a rua Moura Azevedo para receber em torno de 3 mil pessoas. Das 15h às 22h ocorrem apresentações musicais, e o público poderá experimentar diversos estilos de cerveja em uma das sete ilhas disponíveis. “Também haverá food trucks”, emenda Santi. “Está tudo encaminhado na Prefeitura, mas em geral a licença chega uns dois dias antes.”
Festa ajuda comerciantes a melhorar resultados
Em Porto Alegre, o Dia de São Patrício (Saint Patrick’s Day) tem sido marcado pela presença de milhares de pessoas vestidas de verde em pubs, restaurantes e eventos de rua licenciados pelo Escritório de Eventos da SMDE. Em 2019, foram licenciados 11 eventos, entre os dias 16 e 17 de março.
“O Saint Patrick’s Day dá uma desafogada nas contas de janeiro e fevereiro, uma vez que o movimento durante o verão cai em torno de 70%”, comenta o proprietário do Foodball Almondegaria e Bar, Rodrigo Bolson Santos. Localizado no limite do Centro Histórico com o bairro Cidade Baixa, na rua Coronel Genuíno, o estabelecimento integra o grupo organizador de uma das primeiras festas alusivas à data neste ano. Sábado, dia 14, das 15h às 22h ocorre o São Patrício do Centro Histórico, evento que contará com três Djs, cinco barracas de chope artesanal, sorteios, brincadeiras e pinturas de rosto.
“Nossa expectativa é de um público de, pelo menos 1,5 mil pessoas, até porque a previsão do tempo é de bastante sol e calor, comenta Santos. Segundo ele, a estimativa é de que o acontecimento movimente em torno de R$ 100 mil. Além do Foodball, outros quatro estabelecimentos do entorno investiram na estrutura do evento. “Ainda estamos aguardando a licença da Prefeitura, mas estamos tranquilos, pois encaminhamos todos os documentos a tempo.”
De acordo com o secretário-adjunto da secretaria, as licenças demoram porque envolvem uma série de serviços, como os do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e Guarda Municipal, que estarão nos locais para “assegurar a ordem, a limpeza e orientar sobre desvios e bloqueios de trânsito”. Fiscais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE) coibirão o comércio irregular e a Brigada Militar estará presente nos eventos, para garantir que o público libere a passagem de carros, após os horários de encerramento dos eventos. “Todos os estabelecimentos estão sendo notificados sobre a importância de encerrar suas atividades dentro do horário determinado em cada alvará, especialmente no dia 17, quando é comemorado o Dia de São Patrício”, ressalta o diretor de Fiscalização da SMDE, Denis Carvalho.
Comentários CORRIGIR TEXTO