Porto Alegre, sábado, 26 de setembro de 2020.
Dia Nacional dos Surdos.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 26 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Crédito

- Publicada em 03h00min, 02/03/2020.

BNDES amplia alcance de linha de crédito para pequenas empresas

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou alterações na linha BNDES Crédito Pequenas Empresas, que passa a oferecer limite de crédito de até R$ 10 milhões por beneficiário a cada 12 meses e a contemplar também empresas com faturamento anual de até R$ 90 milhões.
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou alterações na linha BNDES Crédito Pequenas Empresas, que passa a oferecer limite de crédito de até R$ 10 milhões por beneficiário a cada 12 meses e a contemplar também empresas com faturamento anual de até R$ 90 milhões.
Com a mudança, um maior número de empresas - que sofrem com as mesmas dificuldades de acesso a financiamento que as empresas de menor porte - passam a acessar a linha de crédito. Esse segmento tem potencial para auxiliar no desenvolvimento da economia e na geração de empregos.
Anteriormente, a linha atendia clientes com faturamento anual de até 4,8 milhões (micro e pequenas empresas, segundo os critérios do banco).
A linha BNDES Crédito Pequenas Empresas financia toda necessidade de investimento das empresas, respeitado o seu limite máximo, e os financiamentos são contratados por meio de agentes financeiros repassadores de recursos do BNDES. O prazo para pagamento é de até cinco anos, incluindo carência de até 24 meses, e taxa final está em torno de 1% a.m.
As empresas interessadas podem ir direto aos agentes financeiros ou acessar o Canal MPME do BNDES, que permite encaminhar pedidos de financiamento a um ou mais bancos repassadores, indicados conforme perfil e necessidades informadas pelo cliente.
Lançada em 2019, a linha BNDES Crédito Pequenas Empresas está voltada às demandas das empresas de menor porte, que têm mais dificuldades para obter financiamentos e são responsáveis por mais de 50% dos postos de trabalho formais com carteira assinada no País, de acordo com o Sebrae (2018). Entre março e dezembro do ano passado, a linha financiou 9 mil empresas, totalizando R$ 1,2 bilhão em desembolsos. Com as alterações implementadas, espera-se um aumento de 30% de empresas apoiadas por ano.
As alterações na linha estão alinhadas com o Plano Trienal do BNDES para o período 2020-2022, que, entre outras entregas para a sociedade, prevê, ao longo dos três anos, o apoio a 450 mil micro, pequenas e médias empresas e pessoas físicas, e a geração e/ou manutenção de 1,2 milhão de empregos diretos e indiretos, em média, por ano.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO