Porto Alegre, sábado, 26 de setembro de 2020.
Dia Nacional dos Surdos.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 26 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Indústria

- Publicada em 03h00min, 27/01/2020.

Projeto Raiz promove design de móveis do Brasil

São contempladas 75 marcas e investimento será de R$ 1,5 milhão

São contempladas 75 marcas e investimento será de R$ 1,5 milhão


/SINDMÓVEIS/DIVULGAÇÃO/JC
João Pedro Rodrigues
Frente ao promissor cenário do mercado exportador de móveis do País, com empresas e estúdios cada vez mais qualificados e orientados para internacionalização, o Projeto Raiz, iniciativa criada pelo Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) para promover mundialmente os serviços desenvolvidos por designers brasileiros de móveis, deu início às suas atividades de 2020 com uma missão de prospecção pela Alemanha e pelo Reino Unido.
Frente ao promissor cenário do mercado exportador de móveis do País, com empresas e estúdios cada vez mais qualificados e orientados para internacionalização, o Projeto Raiz, iniciativa criada pelo Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) para promover mundialmente os serviços desenvolvidos por designers brasileiros de móveis, deu início às suas atividades de 2020 com uma missão de prospecção pela Alemanha e pelo Reino Unido.
A ação, que começou no dia 13 de janeiro, contou com uma visita à feira IMM Cologne, em Colônia, na Alemanha, e, depois, seguiu com visitas a fábricas e fornecedores moveleiros em todo o Reino Unido, além de ir a encontros e rodadas de negócios. Nessa missão, participaram os estúdios Leo Romano, estudiobola, Roberta Banqueri, Regis Padilha, Holaria, St.James, Arthur Erich Reis, Roberta Rampazzo, Estudio Alfaia, Marta Manente e Casa Mia.
De acordo com a coordenadora do projeto e consultora do Sindmóveis, Ana Cristina Schneider, os integrantes da iniciativa, a partir de estudos e pesquisas, viram uma oportunidade de mercado na região do Reino Unido, considerado o quarto maior consumidor de móveis do mundo (em primeiro estão os Estados Unidos) e o segundo maior mercado das exportações de móveis do Brasil, representando 10% do total. A partir disso, a ação foi planejada abrangendo, também, a Região Norte da Alemanha. "Esses países se destacam pelo consumo de bens de alto padrão, incluindo peças de mobiliário de luxo, e possuem forte atividade importadora frente ao setor de móveis", explica.
Além da missão de prospecção, para este ano ainda estão previstos mais cinco eventos, incluindo a Movelsul Brasil, no mês de março; a Semana de Design de Milão, em abril; a International Contemporary Furniture Fair Nova Iorque (ICFF), em maio; e a Semana de Design de São Paulo, em agosto. A novidade é a ida à China, prevista para setembro. O objetivo é conhecer os avanços tecnológicos para o setor moveleiro, visitando fábricas conceituadas em inovação, empresas de varejo físico e on-line, e a feira China Furniture Fair. A iniciativa contempla 75 estúdios de design e possui um investimento na ordem de R$ 1,5 milhão para as atividades deste ano.
A decisão de participar das diferentes atividades depende da estratégia comercial de internacionalização dos profissionais. Cada estúdio de design estabelece a sua, desenvolvendo uma ação mercadológica com base em seus produtos e interesses. A partir disso, a organização do Projeto Raiz auxilia os participantes com informações, interpretação de mercado e no desenvolvimento das ações individuais de cada marca.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO