Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 23 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

TRIBUTOS

23/01/2020 - 14h29min. Alterada em 23/01 às 15h31min

Receita de Porto Alegre recupera R$ 226 milhões de devedores em 2019

Regularização de dívidas com o município pode ser feita diretamente na Secretaria da Fazenda

Regularização de dívidas com o município pode ser feita diretamente na Secretaria da Fazenda


Luciano Lanes / PMPA
A Receita Municipal conseguiu recuperar R$ 226 milhões de créditos da dívida ativa da Capital, 11,35% sobre o estoque existente. Segundo o setor de Arrecadação e Cobrança da Prefeitura de Porto Alegre, a cobrança dos inadimplentes superou mais do que o dobro da média registrada nas demais capitais, cujos estoques ficaram abaixo de 4%.
A Receita Municipal conseguiu recuperar R$ 226 milhões de créditos da dívida ativa da Capital, 11,35% sobre o estoque existente. Segundo o setor de Arrecadação e Cobrança da Prefeitura de Porto Alegre, a cobrança dos inadimplentes superou mais do que o dobro da média registrada nas demais capitais, cujos estoques ficaram abaixo de 4%.
O órgão informou ainda que a carteira de parcelamentos de tributos existente no final do ano passado contava com outros R$ 250 milhões já negociados, somando mais de 54 mil acordos ativos. Em 2019, a área de cobrança também registrou a menor taxa de inadimplência de IPTU, com menos de 5% do imposto municipal deixando de ser recolhido.
Os contribuintes que possuem dívidas municipais ativas podem procurar diretamente a Loja de Atendimento da Secretaria Municipal da Fazenda (Travessa Mário Cinco Paus, s/nº) para regularizar a situação.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia