Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 23 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

varejo

23/01/2020 - 12h39min. Alterada em 23/01 às 12h42min

Descontos de até 50% iniciam nesta sexta no Praia de Belas

Liquidações do shopping vão durar 10 dias

Liquidações do shopping vão durar 10 dias


NÍCOLAS CHIDEM/JC
Durante 10 dias, estabelecimentos de comércio do shopping Praia de Belas irão proporcionar ofertas que chegam a 50% de descontos. Entre 24 de janeiro e 2 de fevereiro, consumidores que forem ao shopping encontrarão as promoções em lojas como Paquetá Esportes, Via Uno e Melissa. As ofertas podem ser vistas em itens de moda, beleza, eletrônicos, infantis, dentre outros, e fazem parte da liquidação de janeiro.
Durante 10 dias, estabelecimentos de comércio do shopping Praia de Belas irão proporcionar ofertas que chegam a 50% de descontos. Entre 24 de janeiro e 2 de fevereiro, consumidores que forem ao shopping encontrarão as promoções em lojas como Paquetá Esportes, Via Uno e Melissa. As ofertas podem ser vistas em itens de moda, beleza, eletrônicos, infantis, dentre outros, e fazem parte da liquidação de janeiro.
Depois das promoções realizadas em função da Black Friday, o shopping quer continuar sua campanha de ofertas iniciadas em novembro.
A liquidação, que vem sendo realizado anualmente no Praia de Belas, não trará alterações no horário de funcionamento. Segundo Marcelo Borba, gerente-Geral do shopping, a iniciativa almeja "apoiar os lojistas no período pós-natal, ajudando a divulgar suas melhores ofertas."
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia