Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 21 de janeiro de 2020.
Feriado nos EUA: Dia de Martin Luther King.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

bancos

21/01/2020 - 09h49min. Alterada em 21/01 às 12h28min

Banrisul vai fechar nove agências no Rio Grande do Sul

Locais fechados devem virar postos de atendimento ou serem fundidos à agência mais próxima

Locais fechados devem virar postos de atendimento ou serem fundidos à agência mais próxima


CLAITON DORNELLES/arquivo/JC
Bruna Oliveira
O Banrisul anunciou que vai fechar nove agências do banco gaúcho no Estado. São oito em Porto Alegre e uma em Caxias do Sul, na Serra. Os locais fechados devem virar postos de atendimento bancário ou serem incorporados à agência mais próxima. Os funcionários serão realocados. 
O Banrisul anunciou que vai fechar nove agências do banco gaúcho no Estado. São oito em Porto Alegre e uma em Caxias do Sul, na Serra. Os locais fechados devem virar postos de atendimento bancário ou serem incorporados à agência mais próxima. Os funcionários serão realocados. 
A medida foi comunicada nessa segunda-feira (20), após reunião entre a diretoria do Banrisul e representantes do SindBancários e da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras do Rio Grande do Sul (Fetrafi-RS), e confirmada pela assessoria de imprensa do banco ao Jornal do Comércio nesta terça (21). 
Em nota, o Banrisul disse que está "otimizando pontos de atendimento presenciais, mantendo a abrangência de atuação em 98,61% da população do RS e em 98,82% do PIB gaúcho". O posicionamento diz ainda que a medida acompanha as mudanças e os avanços tecnológicos do mercado financeiro. Segundo o presidente do SindBancários, Everton Gimenis, a instituição também alegou "reorganização e redução de custos" para os fechamentos. A diminuição de agências acompanha reestruturação observada também em bancos privados, como Itaú, Santander e Bradesco, que recentemente enxugaram operações no País. 
Em Porto Alegre, a readequação prevê a fusão de cinco agências e a transformação de outras três em postos de atendimento. Assim, o Banrisul passará a contar com 91 pontos na Capital. Já em Caxias, o município somará 19 pontos de atendimento com o fechamento de uma agência.
Gimenis afirmou que o sindicato pediu garantias à diretoria do banco para que os trabalhadores não sofram prejuízo com os fechamentos. Com o enxugamento das agências, novos chamamentos do último concurso público não devem ocorrer.
"O Banrisul vem em um processo de desmonte, como a venda de ações, por exemplo. O boato é de que é só o começo", afirmou Gimenis. As negociações de papéis do banco iniciaram em 2007, ainda na gestão de Yeda Crusius (PSDB/2007-2010), e foram retomadas no governo de José Ivo Sartori (MDB/2015-2018). As vendas seguiram na atual gestão do governador Eduardo Leite. Uma das operações, no entanto, foi suspensa ao não atingir o valor de venda esperado.
A categoria ainda teme uma possível privatização do banco. O governador Eduardo Leite declarou que a privatização não está nos planos do governo, mas não descartou que o tema seja debatido pela Assembleia Legislativa. Em setembro do ano passado, o deputado da base aliada Sérgio Turra (PP) apresentou uma PEC para retirar a necessidade de consulta pública para a venda a Banrisul. O projeto, no entanto, não foi votado.

Veja quais agências vão fechar:

  • Agência Rua da Ladeira 
  • Agência Volta do Guerino 
  • Agência Nova Ipanema
  • Agência Ceasa
  • Agência Rua da Praia
  • Agência João Pessoa
  • Agência Shopping Total
  • Agência Alto Petrópolis
  • Agência Kayser - Caxias do Sul
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia