Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 21 de janeiro de 2020.
Feriado nos EUA: Dia de Martin Luther King.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Varejo

Edição impressa de 21/01/2020. Alterada em 20/01 às 22h39min

Fenin deve gerar R$ 400 milhões em faturamento

Crise econômica é um desafio, afirma Julio Viana

Crise econômica é um desafio, afirma Julio Viana


LUIZA PRADO/JC
Carlos Villela
A 24ª edição da Fenin Fashion, em Gramado, levará 300 expositores e mais de 800 marcas para o Serra Park, de 28 a 31 de janeiro. Os detalhes do evento foram conhecidos ontem. 
A 24ª edição da Fenin Fashion, em Gramado, levará 300 expositores e mais de 800 marcas para o Serra Park, de 28 a 31 de janeiro. Os detalhes do evento foram conhecidos ontem. 
As expectativas, de acordo com o organizador da feira, Julio Viana, são "ótimas", e baseadas em uma retomada do mercado e um bom resultado das vendas de Natal. Viana é diretor da Expovest, empresa que promove a Fenin. A estimativa, segundo ele, é de R$ 400 milhões em faturamento, somando os resultados futuros de Gramado e a edição pocket da feira em São Paulo, realizada no começo do ano.
De acordo com Viana, o maior desafio do setor atualmente é a crise econômica da qual o Brasil demora a sair. Segundo ele, "nesse último ano e meio as vendas baixaram, a indústria decresceu, muitas empresas fecharam, nós já estamos cansados de crise". Entretanto, ele afirma que a indústria da moda "é a última a entrar na crise e a primeira a sair".
A feira, que conta com apoio do Sebrae, também vai apresentar o grupo RS Moda, formado por 21 marcas diferentes, que poderão fazer a divulgação de seus trabalhos e fazer networking com outras marcas do País. A Fenin também realizou uma parceria com a Associação Gaúcha de Startups (AGS), trazendo para feira um hub de inovação chamado i.nova Fenin e o evento Connect Now, ambos focados em apresentar as novidades dentro do setor de moda, além de abrir espaço para pitches (lançamento de ideias para possíveis investidores) e matchmaking (parcerias).
No dia 29, o especialista em negócios de luxo Carlos Ferreirinha, criador da Associação Brasileira das Marcas de Luxo (Abrael) e ex-diretor para a América Latina da grife Louis Vuitton vai realizar a palestra "Tempos atuais demandam novas competências - As experiências são as protagonistas". Este também será o dia do tradicional desfile de moda da Feira, realizado na Rua Coberta de Gramado. Com a presença de modelos gaúchos e dirigido pela professora de design de moda da ESPM Madeleine Muller e o jornalista de moda Éden José, o evento chamado Color Street vai mostrar tendências de diversas marcas presentes. O credenciamento para participar da feira pode ser realizado no site www.fenin.com.br.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia