Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 06 de dezembro de 2019.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Edição impressa de 06/12/2019. Alterada em 05/12 às 21h46min

Cultura da soja alcança 83% da intenção de plantio no Estado

Segundo a Emater, as lavouras encontram-se 100% em desenvolvimento vegetativo

Segundo a Emater, as lavouras encontram-se 100% em desenvolvimento vegetativo


TALINE SCHNEIDER EMATER SANTA ROSA/DIVULGAÇÃO/JC
A cultura da soja na semana alcançou 83% do total da intenção de plantio de 5,97 milhões de hectares para a safra 2019/2020 do Rio Grande do Sul. De acordo com o Informativo Conjuntural, divulgado nesta quinta-feira (5) pela Emater, as lavouras encontram-se 100% em desenvolvimento vegetativo.
A cultura da soja na semana alcançou 83% do total da intenção de plantio de 5,97 milhões de hectares para a safra 2019/2020 do Rio Grande do Sul. De acordo com o Informativo Conjuntural, divulgado nesta quinta-feira (5) pela Emater, as lavouras encontram-se 100% em desenvolvimento vegetativo.
No mesmo período, a semeadura da cultura do milho alcançou 88% da área de mais de 777 mil hectares da intenção de plantio no Estado. Das lavouras implantadas, 50% estão na fase de desenvolvimento vegetativo, 22% em floração e 28% em enchimento de grãos.
A cultura do arroz chegou em 96% da área de mais de 944 hectares estimada para a safra. O tempo favorável em todas as regiões permitiu aos produtores avanços no preparo de novas áreas e plantios. Assim como a soja, as lavouras de arroz estão 100% na fase de desenvolvimento vegetativo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia