Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 21 de novembro de 2019.
Dia Mundial da Televisão. Dia da Homeopatia e Dia do Homeopata.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria

20/11/2019 - 21h01min. Alterada em 21/11 às 13h36min

Multinacional alemã Basf estuda implantar Centro Tecnológico em Porto Alegre

Capital gaúcha é cotada para abrigar hub de transformação digital da multinacional alemã

Capital gaúcha é cotada para abrigar hub de transformação digital da multinacional alemã


UWE ANSPACH/AFP/JC
Porto Alegre é uma das três cidades latino-americanas que está no radar da Basf, fabricante de produtos químicos, para sediar um novo Centro Tecnológico (CT) de Soluções Digitais da multinacional no Brasil. A Capital concorre com Monterrey, no México, e São José, na Costa Rica, para abrigar o hub de transformação digital da multinacional alemã. O prefeito Nelson Marchezan Júnior se reuniu com os gerentes de Transformação Digital da empresa, Steven Scaldaferri e Alessander Oliveira, e a gerente de Recursos Humanos Renata Serra.
Porto Alegre é uma das três cidades latino-americanas que está no radar da Basf, fabricante de produtos químicos, para sediar um novo Centro Tecnológico (CT) de Soluções Digitais da multinacional no Brasil. A Capital concorre com Monterrey, no México, e São José, na Costa Rica, para abrigar o hub de transformação digital da multinacional alemã. O prefeito Nelson Marchezan Júnior se reuniu com os gerentes de Transformação Digital da empresa, Steven Scaldaferri e Alessander Oliveira, e a gerente de Recursos Humanos Renata Serra.
Marchezan destacou as ações que estão transformando Porto Alegre nos últimos anos, com foco na inovação. "Não consigo falar da cidade sem falar para vocês do que estamos fazendo na gestão pública. Arrumamos as finanças, fechamos contratos sólidos e estamos projetando para o futuro próximo uma cidade muito melhor e mais organizada", diz Marchezan.
O coordenador do Pacto Alegre, Luiz Carlos Pinto da Silva Filho, apresentou os números e dados que comprovam que a escolha por investir na Capital será positiva para a multinacional. "Porto Alegre, hoje, é a segunda cidade no País em número de startups. Tem realizado diversos Hackathons para atrair soluções inovadoras para problemas antigos e criou o Pacto Alegre, uma aliança com as três maiores universidades da cidade, a prefeitura e 85 entidades da sociedade civil. Este trabalho está começando, mas já é capaz de atrair muitos parceiros", afirma.
Scaldaferri disse que o município possui um discurso conectado com o padrão da Basf. O executivo quis saber como são tratadas as questões de sustentabilidade, segurança e educação de idiomas em Porto Alegre. "Fomos muito bem recebidos aqui. De forma ágil, com integração entre todos os setores, através de uma equipe atenciosa e em um ecossistema que se encaixa com o nosso", frisou.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia