Porto Alegre, sexta-feira, 24 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 24 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Ranking

- Publicada em 21h59min, 17/11/2019. Atualizada em 21h59min, 17/11/2019.

Bill Gates passa Bezos e volta a ser o mais rico do mundo

O norte-americano Bill Gates, fundador da empresa de tecnologia Microsoft, voltou a assumir a posição no ranking de mais rico do mundo nesta sexta-feira (15) segundo o índice de bilionários da Bloomberg, deixando para trás Jeff Bezos, presidente da Amazon.

O norte-americano Bill Gates, fundador da empresa de tecnologia Microsoft, voltou a assumir a posição no ranking de mais rico do mundo nesta sexta-feira (15) segundo o índice de bilionários da Bloomberg, deixando para trás Jeff Bezos, presidente da Amazon.

Gates, 64 anos, pode ter sido impulsionado em parte por uma decisão do Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, que anunciou, no fim de outubro, a concessão de um contrato de computação em nuvem de US$ 10 bilhões à Microsoft.

As ações da Microsoft subiram 4%, dando a Gates uma fortuna de US$ 110 bilhões, segundo o índice de bilionários da Bloomberg. As ações da Amazon caíram cerca de 2% desde o anúncio, colocando o patrimônio líquido de Bezos em US$ 108,7 bilhões.

Em outubro, Bill Gates superou brevemente Bezos, 55 anos, depois que a Amazon registrou sua primeira queda de lucro em dois anos, mas suas ações reduziram o declínio.

O índice, que rastreia a riqueza das 500 pessoas mais ricas, é atualizado a cada dia de negociação após o fechamento dos mercados nos EUA. A pessoa mais rica da Europa, Bernard Arnault, é a terceira com US$ 102,7 bilhões.

Neste ano, a Microsoft subiu 48%, aumentando o valor de participação de Gates para 1%.

O restante de sua riqueza é resultado de vendas de ações e investimentos feitos ao longo dos anos por seu escritório de família, o Cascade.

Os 10 mais ricos do mundo, segundo a Bloomberg

Bill Gates - Microsoft - U$$ 110 bilhões
Jeff Bezos - Amazon - US$ 109 bilhões
Bernard Arnault - Louis Vuitton - US$103 bilhões
Warren Buffett - Berkshire Hathaway - US$ 86,6 bilhões
Mark Zuckerberg - Facebook - US$ 74,5 bilhões
Amancio Ortega Inditex - Zara US$ $67,6 bilhões
Larry Page - Alphabet - US$ 64,3 bilhões
Sergey Brin - Alphabet - US$ 62,4 bilhões
Charles Koch - Koch Industries - US$ 61,7 bilhões
Julia Flesher - Koch - US$ 61,7 bilhões
 
Comentários CORRIGIR TEXTO