Porto Alegre, sexta-feira, 24 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 24 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Varejo

- Publicada em 20h31min, 04/11/2019. Atualizada em 20h30min, 04/11/2019.

Iguatemi cresce com mix voltado ao luxo

Espaço da Louis Vuitton, que ficaria por período determinado, está instalado há um ano

Espaço da Louis Vuitton, que ficaria por período determinado, está instalado há um ano


/SHOPPING IGUATEMI/DIVULGAÇÃO/JC
Thiago Copetti
Comemorando 43 novas operações concretizadas ao longo de 2019 - parte delas ainda por abrir as portas -, o Shopping Iguatemi parece viver um mundo à parte da crise econômica que se abateu sobre o Estado nos últimos tempos. Em balanço divulgado nesta segunda-feira, o primeiro shopping de Porto Alegre exibiu números reluzentes neste final de ano, como projeção de alta de 8% nas vendas e ampliação do segmento de luxo. Entre dezembro deste ano e janeiro de 2020, o Iguatemi passará a contar com a primeira loja Dolce & Gabbana da Capital.
Comemorando 43 novas operações concretizadas ao longo de 2019 - parte delas ainda por abrir as portas -, o Shopping Iguatemi parece viver um mundo à parte da crise econômica que se abateu sobre o Estado nos últimos tempos. Em balanço divulgado nesta segunda-feira, o primeiro shopping de Porto Alegre exibiu números reluzentes neste final de ano, como projeção de alta de 8% nas vendas e ampliação do segmento de luxo. Entre dezembro deste ano e janeiro de 2020, o Iguatemi passará a contar com a primeira loja Dolce & Gabbana da Capital.
Na torre comercial Iguatemi Business, o centro de compras já sediou evento para clientes convidados da Gucci e, há cerca de um ano, conta com uma operação da Louis Vuitton. O índice de vacância na ocupação dos pontos de venda é de apenas 1,5% ante média de 7,4% nos empreendimentos da Região Sul como um todo, segundo dados da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), compara a gerente-geral do empreendimento, Nailê Santos. "Isso representa apenas cinco espaços vazios. O restante dos tapumes são de operações que vão abrir nas próximas semanas", comemorou a executiva.
Notícias sobre economia são importantes para você?
As vendas totais do Iguatemi devem encerrar 2019 com alta de 8%, com destaque para incremento de 34% no faturamento do setor de saúde e beleza, 10% na área de gastronomia e 14% no fluxo de cinéfilos que transitaram e consumiram no local. O volume de veículos nas vagas de estacionamento registrou incremento de 8,5%. Além do aumento no trânsito de pessoas que foram ao shopping atraídos por uma "boa safra de filmes", diz Nailê, o mercado de luxo vem se sobressaindo como um atrativo do centro de compras.
"A Gucci fez um evento de três dias aqui e obteve números impressionantes de vendas. Assim como a da Louis Vuitton, que ficaria apenas por um período determinado, em 2018, depois prorrogou por duas vezes e já está há um ano instalada aqui", exemplificou a executiva.
Apesar da crise financeiro do Rio Grande do Sul, Nailê afirma que o centro de compras e o consumidor gaúcho tem chamado a atenção de grandes marcas nacionais e estrangeiras. A executiva afirma que o perfil mais "econômico" dos moradores do Rio Grande do Sul vem mudando, e a Capital passou a atrair grandes nomes do mercado de luxo.
"Eu diria que o gaúcho passou a valorizar mais produtos de alto nível. E comprar em lojas daqui, em vez de em uma viagem ao exterior, permite o parcelamento no cartão de crédito. Isso tem estimulado as vendas mesmo entre quem costuma viajar para fora do Brasil e não quer ter que pagar tudo em apenas uma vez", pondera Nailê.
O shopping também contabiliza, ainda, os lucros da expansão do local em 2016, o que incluiu operações voltadas ao mundo corporativo. Somando a torre de salas comercias do Iguatemi Business aos Escritórios Boutique, localizados dentro do centro de compras, o shopping ganhou um fluxo extra diário de, aproximadamente, 1,5 mil pessoas. O número leva em conta apenas quem trabalha no Iguatemi Business, explica a gerente de marketing do empreendimento, Andrea Quintana.
"Esse número não inclui visitantes e clientes desses escritórios e salas comerciais. Além disso, temos investimentos constantes na renovação do shopping, na organização de eventos próprios e outras ações. E por ser o mais antigo da cidade, somos sempre lembrados por quem quer instalar uma grande operação em Porto Alegre", avalia Andrea.
Nesta semana, as atenções do centro de compras se voltam para o Natal, que tem sua campanha começando nesta quarta-feira, e, nos próximos dias, para a Black Friday. No Iguatemi, a promoção de descontos foi ampliada para uma semana, a partir do dia 25 de novembro. Somando as duas promoções, o shopping center fará o sorteio de três automóveis, em cupons trocados por notas de compras feitas no local. Aberto em 1983, o Iguatemi abriga 373 operações, das quais 80 são exclusivas na Capital.

Novidades recentes e futuras

Amaro: inaugurou a maior loja da rede no País, com 280 metros quadrados, no modelo Guide Shop, onde o cliente visita a loja de roupas e acessórios femininos, prova as peças e, quando escolhe a mercadoria, faz o pagamento pelo site da grife em tablets e computadores e recebe em casa ou na loja em 48 horas.
Gastronomia: a Cantina Press é o novo restaurante italiano do Grupo Press aberto recentemente e que se soma ao Press Café, instalado em junho.
Ashua: fast-fashion plus size do Grupo Renner, que aterrissou nos corredores do Iguatemi no último trimestre do ano
Ô Xiss: restaurante que tem o lanche tradicional gaúcho como protagonista no cardápio, deve se somar às operações de alimentação do Iguatemi até o final do ano
Operações que devem estrear no local em breve: Dolce & Gabanna, Maison Carmen Steffens, Lupo Sport, Mob, Samsung, CS Club, Biffes Grill, L’Occitane Au Brésil, Severo Burger & Rango, Alô Bebê, Kings Bud’s, Capodarte, Dumond e Casa das Cuecas.
Comentários CORRIGIR TEXTO