Porto Alegre, sábado, 25 de julho de 2020.
Dia do Escritor. Dia do Motorista .

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 25 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Aviação

- Publicada em 00h10min, 03/10/2019. Atualizada em 08h16min, 03/10/2019.

Porto Alegre pode ganhar voos da argentina Flybondi

Empresa argentina atua no modelo de baixo custo

Empresa argentina atua no modelo de baixo custo


FACEBOOK/REPRODUÇÃO/JC
Estreante no mercado brasileiro, a aérea argentina Flybondi já mapeou 15 destinos que gostaria de voar no País a partir de Buenos Aires, envolvendo 99 rotas, além dos dois para os quais já está vendendo passagens - Rio de Janeiro e Florianópolis. Segundo o diretor comercial Mauricio Sana Saldaña, a empresa, que se apresenta como "ultra low cost", já recebeu uma espécie de "pré-aprovação" para essas rotas, que incluem capitais como Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte e Recife. Agora, fará uma análise aprofundada de cada mercado para definir suas prioridades antes de formalizar pedidos de voos junto às autoridades.
Estreante no mercado brasileiro, a aérea argentina Flybondi já mapeou 15 destinos que gostaria de voar no País a partir de Buenos Aires, envolvendo 99 rotas, além dos dois para os quais já está vendendo passagens - Rio de Janeiro e Florianópolis. Segundo o diretor comercial Mauricio Sana Saldaña, a empresa, que se apresenta como "ultra low cost", já recebeu uma espécie de "pré-aprovação" para essas rotas, que incluem capitais como Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte e Recife. Agora, fará uma análise aprofundada de cada mercado para definir suas prioridades antes de formalizar pedidos de voos junto às autoridades.
Entre os destinos está São Paulo, um dos maiores mercados da América Latina. O executivo da Flybondi reitera que há interesse em operar voos em Guarulhos ou Viracopos, mas, antes, a empresa quer trabalhar sua marca e se fazer mais conhecida no País.
Notícias sobre economia são importantes para você?
Uma das cinco empresas de baixo custo que vieram ao País desde a desregulação do despacho de bagagem, a argentina Flybondi começa a voar entre Rio de Janeiro (Aeroporto do Galeão) e Buenos Aires (El Palomar) neste mês. Nesta quarta-feira, a companhia lançou uma ação promocional e está vendendo passagens na rota a R$ 1,00 mais taxas, somando cerca de R$ 123,00 por trecho.
Outra rota já anunciada pela empresa é Buenos Aires-Florianópolis: o primeiro voo decola em 20 de dezembro e também conta com preços mais baixos do que os da concorrência. Considerando as duas cidades, já estão programados 230 voos (400 por ano, se contados até setembro de 2020) e 44 mil assentos (de 75 mil anuais). No total, já foram vendidos 20 mil assentos dos voos nas duas rotas até o final de março.

Aeroporto de São Borja contrata estudos da Infraero

A Infraero foi contratada pelo município de São Borja para iniciar a modernização do aeroporto da cidade. A empresa terá 200 dias para fazer estudos preliminares e projeto básico que envolvem a recuperação da pista de pouso e decolagem, e a implementação de cerca operacional para o aeroporto.

"Os serviços oferecidos para São Borja fazem parte de nosso portfólio de novos negócios, especialmente de engenharia. A prefeitura poderá contar com um trabalho de qualidade, desenvolvido por uma empresa com 46 anos de experiência e que é responsável por melhorias em pistas de grandes aeroportos, como Santos Dumont e Belém", avalia o superintendente de Negócios em Serviços Aeroportuários, Claiton Resende.

Ao todo, 15 técnicos trabalharão nas atividades relacionadas ao Aeroporto de São Borja. Eles farão visitas técnicas e levantamentos topográficos para analisar as condições de infraestrutura do aeroporto, conforme as diretrizes do Regulamento Brasileiro de Aviação Civil nº 154, que estabelece as regras a serem adotadas no projeto de aeródromos.

Comentários CORRIGIR TEXTO