Porto Alegre, domingo, 26 de julho de 2020.
Dia dos Avós.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 26 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Indústria Automotiva

- Publicada em 09h51min, 13/09/2019. Atualizada em 13h23min, 13/09/2019.

Prisma deixa de ser montado na GM em Gravataí; planta é exclusiva do Onix

Versão hatch do Onix foi apresentado e vai chegar ao mercado em novembro deste ano

Versão hatch do Onix foi apresentado e vai chegar ao mercado em novembro deste ano


PATRÍCIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC
Patrícia Comunello
A fábrica de Gravataí será exclusiva para produzir a nova família global de carros da General Motors (GM) que estreou com o novo Onix em versões sedã e hatch lançadas nessa quinta-feira (12) em Porto Alegre. O Prisma já começou a ser produzido na planta de São Caetano do Sul, junto com o antigo Onix, os dois são agora chamados de Joy. O modelo sedã do novo Onix começa a ser vendido neste mês. O hatch vai ao mercado em novembro.
A fábrica de Gravataí será exclusiva para produzir a nova família global de carros da General Motors (GM) que estreou com o novo Onix em versões sedã e hatch lançadas nessa quinta-feira (12) em Porto Alegre. O Prisma já começou a ser produzido na planta de São Caetano do Sul, junto com o antigo Onix, os dois são agora chamados de Joy. O modelo sedã do novo Onix começa a ser vendido neste mês. O hatch vai ao mercado em novembro.
VÍDEOS JC: Confira como é o novo carro
O vice-presidente executivo da GM global e presidente da GM Américas, Barry Engle, afirmou que o novo modelo marca “o começo de uma nova etapa da GM” na América do Sul. Engle citou que outros modelos virão, com a unidade de Gravataí apresentando a primeira leva.
“Em 2020, um a cada 10 veículos vendidos pela GM no mundo virá da nova família global. Em 2023, um a cada cinco unidades virá da nova família”, avisou o vice-presidente executivo da companhia. Gravataí não será a única a produzir, também terá carros de outras plantas.
No evento de lançamento, com 600 pessoas, 300 eram concessionários, sendo cem de países da América do Sul onde a GM já tem mercado. O vice-presidente da GM Mercosul, Marcos Munhoz, disse que a empresa busca novos mercados, além dos países da América do Sul, para colocar os veículos da marca fabricados em Gravataí. Hoje a planta produz 1,3 mil unidades ao dia, atingindo a plena capacidade, com três turnos de trabalho.
Comentários CORRIGIR TEXTO