Porto Alegre, domingo, 26 de julho de 2020.
Dia dos Avós.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 26 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

- Publicada em 03h03min, 11/09/2019. Atualizada em 03h00min, 11/09/2019.

Banco Santander cria pagamento instantâneo, seguindo concorrência

O Santander entrou na disputa de pagamentos instantâneos entre pessoas e por QR-Codes, em uma resposta aos lançamentos de concorrentes, como o iti, do Itaú. O aplicativo Way, para gerenciamento dos cartões de clientes do banco, foi atualizado para agregar as novas funções. A base de usuários do app é de 7,5 milhões de clientes, ante os cerca de 20 milhões de usuários de cartões do banco. O Santander é o terceiro maior emissor de cartões de crédito, atrás de Itaú e Bradesco.

O Santander entrou na disputa de pagamentos instantâneos entre pessoas e por QR-Codes, em uma resposta aos lançamentos de concorrentes, como o iti, do Itaú. O aplicativo Way, para gerenciamento dos cartões de clientes do banco, foi atualizado para agregar as novas funções. A base de usuários do app é de 7,5 milhões de clientes, ante os cerca de 20 milhões de usuários de cartões do banco. O Santander é o terceiro maior emissor de cartões de crédito, atrás de Itaú e Bradesco.

As transferências inicialmente serão apenas entre clientes do banco e na função débito sem custo, como já é atualmente. A mudança é a simplificação da transferência entre contas, sem a necessidade de digitação de números de agência e conta. O aplicativo acessa a agenda de celular do telefone onde o aplicativo está atualizado.

Inicialmente o dinheiro sairá apenas da conta corrente, mas o plano é que os débitos possam ser feitos também no crédito. A funcionalidade de crédito ficará disponível nos próximos meses, quando o custo for definido. O Santander também lançou a função que já existe em outros concorrentes, a transferência de recursos pela leitura de QR-Code na tela do celular.

Comentários CORRIGIR TEXTO