Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 08 de agosto de 2019.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia

08/08/2019 - 17h59min. Alterada em 08/08 às 18h03min

Startup gaúcha de serviços domésticos já soma 20 mil atendimentos e foca expansão

Startup oferece mais de 50 serviços domésticos e conta com cerca de 300 profissionais cadastrados

Startup oferece mais de 50 serviços domésticos e conta com cerca de 300 profissionais cadastrados


ANDRE CARVALHO/DIVUGAÇÃO/JC
Flávia Pereira
Conhecida como a 'Uber dos serviços domésticos', a startup gaúcha Triider tem três anos de trajetória e já acumula mais de 20 mil serviços realizados. A empresa, que conecta clientes em busca de reparos a prestadores serviços, oferece de reparos elétricos e hidráulicos a reformas, fretes e serviços de faxina. Ao todo, são mais de 50 serviços domésticos e 300 profissionais cadastrados. Com isso, a Triider já movimentou, desde 2016, cerca de R$ 4 milhões.
Conhecida como a 'Uber dos serviços domésticos', a startup gaúcha Triider tem três anos de trajetória e já acumula mais de 20 mil serviços realizados. A empresa, que conecta clientes em busca de reparos a prestadores serviços, oferece de reparos elétricos e hidráulicos a reformas, fretes e serviços de faxina. Ao todo, são mais de 50 serviços domésticos e 300 profissionais cadastrados. Com isso, a Triider já movimentou, desde 2016, cerca de R$ 4 milhões.
Com operações em Porto Alegre, Canoas e recentemente em Curitiba, os planos agora incluem a chegada, ainda este mês, a Belo Horizonte, e até o final do ano a Brasília e a São Paulo.
A contratação dos serviços é feita através do aplicativo ou site, em que o cliente seleciona o reparo ou serviço de que precisa, escolhe um prazo para que seja realizado e é colocado em contato com profissionais habilitados e seus orçamentos. O pagamento é realizado via plataforma, podendo ser parcelado em até seis vezes no cartão de crédito. Concluído o serviço, assim como acontece em aplicativos de transporte, o cliente poderá atribuir uma avaliação ao trabalho executado.
Conforme o CEO da Triider, Juliano Murlick, os serviços mais solicitados pelos clientes são reparos elétricos e hidráulicos. Ainda assim, as possibilidades são diversas, prevendo, por exemplo, instalação de aparelhos de ar-condicionado, fretes, assistência técnica, reformas, montagem de móveis ou mesmo limpeza de caixas d'água.
Segundo Murlick, a estratégia de expansão da empresa agora é "começar nas capitais e expandir para municípios da região metropolitana". Até 2020, a empresa visa estar presente em mais de 40 cidades, em todo o País.
O CEO relata que a ideia surgiu de uma necessidade individual, quando ele e sua esposa, Aline, precisaram realizar uma reforma em casa e tiveram dificuldade de achar bons profissionais, entre as diversas opções oferecidas pela internet. Em conjunto com Thiago Murlick e Paulo Guilherme Gil, o casal criou o Triider.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia