Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 06 de agosto de 2019.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia

Edição impressa de 06/08/2019. Alterada em 05/08 às 22h43min

Robôs e sistemas para medicina são base da economia de Shenyang

Trem-bala faz a ligação da capital da província de Liaoning com Pequim

Trem-bala faz a ligação da capital da província de Liaoning com Pequim


/PATRICIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC
Patrícia Comunello, de Pequim
Com mais de 6 milhões de habitantes, a cidade de Shenyang, capital da província chinesa de Liaoning, é sede de grandes empresas em tecnologia para indústria, como robôs, e área de saúde. A cidade, que fica no nordeste do país, também tem marcas culturais, como um palácio imperial datado de 1625 e patrimônio da humanidade.
Com mais de 6 milhões de habitantes, a cidade de Shenyang, capital da província chinesa de Liaoning, é sede de grandes empresas em tecnologia para indústria, como robôs, e área de saúde. A cidade, que fica no nordeste do país, também tem marcas culturais, como um palácio imperial datado de 1625 e patrimônio da humanidade.
Shenyang é a primeira parada da segunda etapa da incursão de uma comitiva de profissionais de imprensa do Brasil e de países da África de Língua Portuguesa para conhecer a economia e cultural chinesas. O grupo chegou na tarde de ontem vindo de Pequim, em um trem-bala, à cidade. Até o próximo domingo, são mais três localidades, com experiências que vão combinar desde condições locais de moradia e comércio a visitas a pontos de belezas naturais e atrativos econômicos.
Notícias sobre economia são importantes para você?
A indústria Siasun, de robôs e automação, é considerada líder no país nestas tecnologias, que são as bases da chamada indústria 4.0. Documento da província diz que a "Siasun tem a linha de produção de robô mais completa e diversificada do mundo". A indústria exporta para 30 países. Outra visita vai ocorrer na Neusoft Sistemas Médicos, fornecedor global de equipamento médico digital, com tecnologia de informação e sistemas voltados ao segmento de saúde.
O roteiro vai passar por Benxi, Dandong e Yingkou, onde fica o porto de mesmo nome e que tem uma condição única na principal iniciativa de cooperação deflagrada pela China, de Um Cinturão, uma Rota. Yingkou fica na rota continental de comércio e na marítima. Outro ponto que será visitado é a Ponte Quebrada do rio Yalu, que tem quase um quilômetro e fica na fronteira com a Coreia do Norte. Na guerra da duas Coreias, a ponto foi alvo de explosão, e a parte da Coreia do Norte foi destruída. Hjo só existe o trecho chinês.
Ao recepcionarem a comitiva, o diretor do Gabinete de Ligação Externa do Ministério da Divulgação do Comitê Provincial do Partido Comunista, Lv Chuanli, e a vice-diretora da área, Li Hui, e a diretora do Departamento de Planejamento e Finanças da Administração de Publicações em Línguas, Zhao Lijun, destacaram que a agenda será uma oportunidade para conhecer aspectos da vida na região e seus atrativos culturais e naturais. "Desejamos que nossa amizade seja para sempre", indicaram os chineses, numa manifestação que valoriza os laços.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia