Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 05 de julho de 2019.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Edição impressa de 05/07/2019. Alterada em 05/07 às 07h43min

Lavoura de trigo atinge 88% da área para esta safra no Rio Grande do Sul

Previsão de dias ensolarados e de frio intenso são favoráveis ao desenvolvimento das culturas de inverno

Previsão de dias ensolarados e de frio intenso são favoráveis ao desenvolvimento das culturas de inverno


EMATER/EMATER/DIVULGAÇÃO/JC
O plantio do trigo nesta semana, no Rio Grande do Sul, avançou 15 pontos percentuais, alcançando 88% da estimativa inicial, que é de 739,4 mil hectares. Desse total, 97% estão em germinação e desenvolvimento vegetativo. De acordo com a Emater, a cultura está em final de implantação na regional de Ijuí, que corresponde a 30% da área cultivada no Estado e engloba os coredes Alto Jacuí, Celeiro e Noroeste Colonial, restando pequenas áreas a serem semeadas.
O plantio do trigo nesta semana, no Rio Grande do Sul, avançou 15 pontos percentuais, alcançando 88% da estimativa inicial, que é de 739,4 mil hectares. Desse total, 97% estão em germinação e desenvolvimento vegetativo. De acordo com a Emater, a cultura está em final de implantação na regional de Ijuí, que corresponde a 30% da área cultivada no Estado e engloba os coredes Alto Jacuí, Celeiro e Noroeste Colonial, restando pequenas áreas a serem semeadas.
Nas regiões da Fronteira-Noroeste e das Missões, que representam 27% da área de trigo no Estado, o plantio está concluído. A chuva que ocorreu durante a semana contribuiu para melhorar a germinação e a emergência das áreas recém-semeadas, uma vez que algumas lavouras semeadas em junho tiveram dificuldade de germinar devido à baixa umidade, resultando na população de plantas inferior ao recomendado. Com previsão de um clima de sol e muito frio para esta semana, é provável que diminuam os focos de pragas e doenças iniciais.
Notícias sobre agronegócios são importantes para você?
Entre as culturas de inverno, a segunda maior área cultivada no Estado é de aveia branca grão, que ocupa 299,8 mil hectares, com uma produtividade estimada de 2.006 kg/ha para esta safra. Na regional da Emater de Ijuí (com 37,1% da área do Estado), a cultura apresenta bom desenvolvimento vegetativo, evoluindo para o estágio reprodutivo. Já na regional de Santa Rosa (com 18,7% da área do Estado), as áreas de aveia estão em emergência e desenvolvimento vegetativo.
A área estimada com canola nesta safra deverá atingir 32,7 mil hectares, com rendimento médio de 1.258 kg/ha. Na regional da Emater de Santa Rosa, dos 11,8 mil hectares cultivados com canola, 46% estão em desenvolvimento vegetativo; 47%, em floração; e 7%, em início de formação do grão.
A área destinada à cultura da cevada no Rio Grande do Sul será de 42,4 mil hectares, com rendimento de 2.073 kg/ha. Nas regiões do Alto Jacuí, Celeiro e Noroeste Colonial (com 22,4% da área do Estado), a cultura apresenta boa emergência e stand inicial de plantas satisfatório, bom desenvolvimento vegetativo e sanidade adequada.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia