Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 12 de junho de 2019.
Dia dos Namorados.

Jornal do Comércio

Economia

CORRIGIR

Fechamento

Edição impressa de 12/06/2019. Alterada em 12/06 às 03h00min

fechamento

Loterias

O concurso 4.998 da Quina sorteou ontem os números 10, 12, 21, 29 e 40. No primeiro sorteio do concurso 1.947 da Dupla Sena, saíram as dezenas 09, 23, 30, 31, 36 e 40. No segundo, foram 17, 21, 28, 29, 42 e 47. Os resultados são extraoficiais.

Lava Jato 1

A Segunda Turma do STF aceitou a denúncia contra o líder da maioria na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PB), os deputados Arthur Lira (AL) e Eduardo da Fonte (PE) e o senador Ciro Nogueira (PI), todos do PP. Os quatro foram colocados no banco dos réus pelo crime de organização criminosa.

Lava Jato 2

O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, arquivou representação do PDT e negou a abertura de investigação sobre o ministro da Justiça, Sérgio Moro, em função de mensagens trocadas com o procurador Deltan Dallagnol.

Soja

As processadoras de soja vão cortar em 50% o volume de crédito oferecido ao produtor rural pessoa física para a próxima safra, segundo a Abiove, que reúne 13 grandes indústrias. Normalmente, as empresas financiam um terço da safra de soja.

Funai

O presidente da Funai, general do Exército da reserva Franklimberg de Freitas, deixou o cargo, ontem. Aos servidores, reunidos no auditório do órgão, teria dito que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) está sendo mal assessorado na questão indígena e apontou a influência negativa do ruralista e secretário de política agrária do Ministério da Agricultura, Nabhan Garcia.

Postalis

O delegado federal Lorenzo Pompilio da Hora e o escrivão Éverton da Costa Ribeiro foram presos ontem por suspeita de fraude em inquérito que investigava o Postalis, fundo de pensão dos funcionários dos Correios. Ambos são acusados de tentativa de extorsão. A acusação teria sido feita por um advogado e, a partir da denúncia, a Polícia Federal começou a investigar o caso.

CORRIGIR