Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de maio de 2019.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Gestão

15/05/2019 - 21h49min. Alterada em 16/05 às 13h40min

Meisler fala em supreender o consumidor

Henrique Riffel
Na abertura do 10º Fórum Instituto Unimed-RS, nesta quarta-feira (15) à noite, no Theatro São Pedro, o CEO do Grupo Reserva, Rony Meisler, fez a palestra magna "Rebeldes têm asas", com experiências positivas entre funcionários de sua empresa e consumidores.
Meisler apresentou os programas instalados na Reserva que instigam as lideranças no grupo a motivar os funcionários a produzir mais e melhor. O resultado é a busca por fidelizar o consumidor com gratidão. "Não existe um propósito maior do que salvar a vida um do outro. É o que nos move para além do dinheiro e das coisas materiais. Temos de ter um propósito no trabalho. Precisamos surpreender o consumidor em outro nível todos os dias. O propósito se manifesta em todos os stakeholders: funcionários, consumidores, fornecedores e comunidade que fica no entorno da marca", disse.
O ato de fazer diferente e melhor é um indicador para tentar o sucesso. Programas de incentivo entre os funcionários foi um dos exemplos apresentados na palestra. Meisler aponta que experiências positivas entre os stakeholders podem significar mais lucratividade no final do processo de consumo. "Isso gera um sentimento de gratidão. Isso faz a empresa ganhar também. O quão mais engajado vai ser este profissional?", indaga.
Os debates do Fórum Unimed-RS prosseguem nesta quinta e sexta-feira.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia