Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 08 de abril de 2019.
Dia Mundial do Combate ao Câncer.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

petróleo

08/04/2019 - 22h35min. Alterada em 08/04 às 22h35min

Guedes: governo vai inverter dinheiro do pré-sal; 70% para Estados e municípios

Estadão Conteúdo
O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou que o plano do governo é repassar 70% dos recursos do pré-sal para Estados e municípios. Em evento no qual também estava presente o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), Guedes defendeu que não haja condicionantes para o repasse desses recursos, mas que, se for da preferência dos parlamentares, pode haver exigência de porcentuais mínimos para educação e saúde.
"Não vou regular o que governador faz com dinheiro, ele é que foi eleito. Do ponto de vista da Fazenda e Petrobras, cessão onerosa será resolvida", afirmou.
Maia afirmou que vai avaliar se há necessidade de emenda constitucional para fazer esse repasse. Ao sair do evento, Guedes admitiu que há receio de que, passando pelo Congresso Nacional, o processo demore. "Tem que perguntar pra ele [Maia], do nosso lado a cessão onerosa vai andar muito bem", completou.
No evento, Guedes voltou a falar que o BPC e a aposentadoria rural são "candidatos interessantes" para sair da reforma da Previdência. "Tem coisas que são colocadas na proposta para medir sensibilidade", afirmou.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia