Porto Alegre, quinta-feira, 30 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 30 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

urbanismo

- Publicada em 14h56min, 02/04/2019. Atualizada em 20h13min, 02/04/2019.

Projeto quer instalar primeiro parklet 100% sustentável de Porto Alegre

Espaço será montado na rua João Telles, no bairro Bom Fim, e será abastecido com energia solar

Espaço será montado na rua João Telles, no bairro Bom Fim, e será abastecido com energia solar


LUIZA PRADO/JC
Bruna Oliveira
Vai ser lançado no próximo sábado (6) um projeto para a construção do primeiro parklet 100% sustentável da capital gaúcha. O espaço será montado na rua General João Telles, no bairro Bom Fim, dentro da Zona de Inovação Sustentável de Porto Alegre (ZISPOA) - área idealizada para promover sustentabilidade, inovação e empreendedorismo nos bairros Bom Fim, Farroupilha, Floresta, Independência, Rio Branco e Santana.
Vai ser lançado no próximo sábado (6) um projeto para a construção do primeiro parklet 100% sustentável da capital gaúcha. O espaço será montado na rua General João Telles, no bairro Bom Fim, dentro da Zona de Inovação Sustentável de Porto Alegre (ZISPOA) - área idealizada para promover sustentabilidade, inovação e empreendedorismo nos bairros Bom Fim, Farroupilha, Floresta, Independência, Rio Branco e Santana.
O projeto é uma parceria entre empreendimentos locais, ONGs e até uma empresa de energia. O parklet será totalmente abastecido com energia fotovoltaica, que garantirá iluminação noturna e tomadas, e será construído a partir de blocos fabricados com sobras da construção civil. A instalação deve ocupar duas vagas de estacionamento da rua. O desenho ainda prevê um bicicletário anexado junto ao parklet. 
Josephyna's, Sim Sala Bim, Urban Ode, Mirá, Elysia, ONG Solidariedade e Cooperativa CTSA são as empresas à frente da ideia. João Henrique Martins, proprietário do Josephyna's, conta que o grupo ainda estuda maneiras de viabilizar a ideia financeiramente. O custo total para implementação seria de R$ 30 mil. Depois de amarrado, o projeto será levado para avaliação da prefeitura de Porto Alegre.  
Antes disso, os detalhes serão apresentados oficialmente no sábado, às 14h, no Ecoponto Centro Cultural Ufrgs, Sala Araucária (Avenida Engenheiro Luiz Englert, 333). O evento vai contar com a presença dos colaboradores e de representante da Empresa Pública de Transporte e Circulação de Porto Alegre (EPTC).
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2019/04/02/206x137/1_lp_020419___parklet__5_-8676240.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5ca37f1ea93e1', 'cd_midia':8676240, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2019/04/02/lp_020419___parklet__5_-8676240.jpg', 'ds_midia': 'Fotos da rua General João Telles, 531 (quadra próxima à Osvaldo Aranha). Espaço deve receber primeiro parklet 100% sustentável de Porto Alegre.', 'ds_midia_credi': 'LUIZA PRADO/JC', 'ds_midia_titlo': 'Fotos da rua General João Telles, 531 (quadra próxima à Osvaldo Aranha). Espaço deve receber primeiro parklet 100% sustentável de Porto Alegre.', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}

Espaço deve ocupar duas vagas de estacionamento em frente ao Josephyna's e ao Sim Sala Bim. Foto Luiza Prado/JC

Martins conta que, inicialmente, a ideia era erguer o parklet somente em frente ao Josephyna's, mas o projeto evoluiu e, com a união de amigos e parceiros, caminha para algo que seja "um presente" para Porto Alegre.
"É o início de um projeto maior. Queremos ajudar na revitalização da João Telles e transformá-la em um exemplo de cidadania, organização e parceria com os vizinhos. Assim como empresas já adotam praças na cidade, podemos no futuro arrumar calçadas e ciclovias", projeta Martins. 
O ponto escolhido para a instalação do parklet fica em frente ao Josephyna's e ao Sim Sala Bim, próximo da avenida Osvaldo Aranha, em trecho que voltou recentemente a abrigar a vida noturna porto-alegrense. Em especial a rua João Telles, que recebe aglomerações de pessoas tanto durante o dia, nos cafés, restaurantes e feiras aos finais de semana, como pela noite, nos bares e festas no Ocidente.
Outros locais da cidade já contam com parklets licenciados pela prefeitura. Em agosto do ano passado, nove parklets tiveram a instalação autorizada pela gestão municipal. O mais recente deles foi montado na rua Sarmento Leite, no bairro Cidade Baixa.
Comentários CORRIGIR TEXTO