Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 01 de abril de 2019.
Dia da Mentira.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Imobiliário

Edição impressa de 01/04/2019. Alterada em 01/04 às 03h00min

Melnick Day aponta para a retomada do mercado

Feirão ofertou mais de 700 unidades com descontos de até 36%

Feirão ofertou mais de 700 unidades com descontos de até 36%


/CLAITON DORNELLES/JC
Roberta Mello
A construtora Melnick Even realizou no sábado seu já tradicional evento de negociação de imóveis com preços e condições mais atraentes. Conforme o diretor executivo da empresa, Juliano Melnick, Melnick Day chega a seu oitavo ano de realização com um desempenho ainda melhor do que o esperado pela organização.
"Ainda que não tenhamos vendido tantas unidades quanto em outras edições, o percentual de imóveis em estoque comercializados (venda relativa) deve ter fechado em alta", disse Melnick. Os valores consolidados só serão divulgados no final desta semana.
Durante o evento, foram ofertados mais de 40 empreendimentos de diferentes bairros de Porto Alegre e também de cidades vizinhas, como Canoas e Eldorado do Sul. Em torno de 700 unidades residenciais, comerciais e terrenos estavam disponíveis para o fechamento de negócios com descontos de até 36%.
Para o diretor, o movimento satisfatório está relacionado ao início da retomada da economia e, no caso dos clientes do mercado de alto padrão, à queda na taxa de juros das aplicações, o que os leva a buscar outras formas de investimento, como a compra de imóveis. Segundo Melnick, este foi um dos públicos que buscaram o feirão na expectativa de fechar negócios mais vantajosos, mas não foi o único. Também estavam lá interessados em utilizar o imóvel próprio para dar entrada em uma casa ou apartamento novos ou em realizar o financiamento da casa própria diretamente com a empresa. Para o executivo, os consumidores já perceberam que começa a se desenhar um novo cenário de escalada nos preços de empreendimentos novos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia