Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de março de 2019.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Comércio Exterior

Alterada em 18/03 às 16h00min

Guedes diz que exportações e importações com os EUA devem aumentar

Na avaliação do ministro da Economia, as conversas comerciais ocorrem com todos os países

Na avaliação do ministro da Economia, as conversas comerciais ocorrem com todos os países


FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL/JC
Estadão Conteúdo
O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que "o Brasil tem que comercializar com todo mundo e vamos em frente com os EUA", ressaltando que as exportações e importações com a maior economia do planeta devem aumentar. "Houve um desinteresse com um parceiro extraordinário que está do nosso lado e isso se agudizou no governo do PT. Vamos mudar isso", comentou Guedes.
Na avaliação do ministro da Economia, as conversas comerciais ocorrem com todos os países, pois "a essência é o ganha-ganha." Paulo Guedes destacou que "não haverá redução comercial com a China", que é o principal parceiro global do Brasil.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia