Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 08 de março de 2019.
Dia Internacional da Mulher.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Edição impressa de 08/03/2019. Alterada em 08/03 às 11h04min

Em sua 20ª edição, Expodireto começa nesta segunda-feira

Feira terá mais de 500 expositores e são esperados 250 mil visitantes

Feira terá mais de 500 expositores e são esperados 250 mil visitantes


MARCO QUINTANA/JC
Thiago Copetti
Uma edição histórica da Expodireto Cotrijal tem início na segunda-feira, de 11 de março, reunindo em Não-Me-Toque o que há de mais moderno, hoje, tecnologias para o campo no Brasil. São mais de 500 expositores e esperados 250 mil visitantes que se reúnem neste ano, por cinco dias, com uma celebração especial. Em 2019 serão comemorados os 20 anos da feira que colocou o Norte do Estado no mapa dos maiores fabricantes mundiais de máquinas, sementes, químicos e outros insumos fundamentais ao agronegócio.
Liderada desde sua primeira edição, em 2000, por Nei César Mânica, presidente da Cotrijal há 23 anos, a Expodireto gerou negócios de R$ 2,2 bilhões no ano passado. Apesar da expectativa de ampliação dos negócios em até R$ 500 milhões neste ano, que pode ser ameaçada pelos recursos já escasso do Moderfrota, Mânica confia que os amplos recursos ofertados pelos bancos privados e montadoras poderão dar conta da demanda.
"Recursos de uma forma ou outra não faltarão. E vale lembrar que, apesar de serem recursos privados, há muita facilitação em preços e juros para quem fecha negócios no evento", diz Mânica, justificando o otimismo para as vendas desta edição.
O evento, que se encerra no dia 15 de março, reunirá no parque especialistas em amplos debates sobre temas relativos aos principais grãos produzindo no Estado. E também muitos políticos. De acordo com Mânica, confirmaram pessoalmente a ele a presença em Não-Me-Toque o vice-presidente Hamilton Mourão, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, entre outros.
Para acompanhar de perto um dos maiores eventos do agronegócio gaúcho, circulará no Jornal do Comércio da próxima segunda-feira (11) caderno especial sobre o evento. Durante a semana, JC também estará presente em Não-Me-Toque e com uma página diária trazendo aos leitores os principais destaques do evento.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia