Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de janeiro de 2019.
Dia Nacional do Fotógrafo.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia

Edição impressa de 08/01/2019. Alterada em 07/01 às 22h31min

Parque Canoas de Inovação pretende atrair novas empresas

Companhias já instaladas no PCI devem gerar, ao todo, 530 empregos

Companhias já instaladas no PCI devem gerar, ao todo, 530 empregos


MARCO QUINTANA/JC
Patricia Knebel
A prefeitura de Canoas lançou o edital de concorrência pública para as empresas interessadas em se instalar no Parque Canoas de Inovação (PCI). Para essa segunda etapa da primeira fase estão disponíveis mais seis lotes, que possuem áreas entre 4,5 mil e 14,9 mil metros quadrados, totalizando um terreno de mais de 50 mil metros quadrados.
A meta é atrair pelo menos seis empresas, ou até mais, já que existe a possibilidade da criação de um condomínio empresarial. Juntas, deverão fazer um aporte entre R$ 80 milhões e R$ 100 milhões. "A nossa expectativa é que, até 2020, todas as companhias já estejam em operação", projeta o secretário do Desenvolvimento Econômico de Canoas, Airton Souza.
O PCI foi inaugurado em novembro do ano passado com a Exatron e Novus. A TCS está em fase de instalação. Juntas, as três investiram R$ 41 milhões. Ainda em 2019, será a vez da Digistar e da Victum, com aportes de cerca de R$ 20 milhões a R$ 25 milhões. Essas cinco empresas devem gerar, ao todo, 530 empregos.
As interessadas em se instalarem no PCI devem ser voltadas ao segmento de tecnologia, inovação, pesquisa e desenvolvimento. A estimativa da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE) é de que as novas companhias gerem mais 800 vagas de emprego.
Aliás, ontem foi dado start ao curso de capacitação de 150 profissionais, iniciativa da prefeitura municipal que tem como objetivo preparar a mão de obra necessária para as operações do parque. Até 2030, os gestores do empreendimento esperam ter entre 80 a 100 empresas, gerando mais oportunidades de emprego.
O edital dos seis lotes está disponível no site da prefeitura de Canoas. A Comissão Permanente de Licitações (CPL) receberá os envelopes contendo os documentos de habilitação e as propostas técnicas dos interessados até as 10h do dia 4 de abril, na Sala de Licitações, localizada na rua Frei Orlando, 199, 4º andar, Centro. A abertura dos envelopes ocorre no mesmo dia e local. Para informações de ordem técnica, os interessado devem entrar em contato com a SMDE pelo telefone (51) 3425-7614.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia