Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 08 de dezembro de 2018.
Dia da Família.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Energia

08/12/2018 - 11h10min. Alterada em 08/12 às 11h52min

Grupo CEEE suspende venda de ativos avaliados em quase R$ 1 bilhão

Grupo comunicou ao mercado a decisão que atinge empreendimentos de geração e transmissão

Grupo comunicou ao mercado a decisão que atinge empreendimentos de geração e transmissão


FERNANDO C. VIEIRA/CEEE/DIVULGAÇÃO/JC
Jefferson Klein
O Grupo CEEE postergou o procedimento de venda das participações societárias detidas pela companhia em seis de seus ativos. São empreendimentos de geração e transmissão de energia. O cálculo da empresa é que a soma dessas participações, todas minoritárias, valham cerca de R$ 992 milhões.
O anúncio do adiamento foi passado ao mercado em comunicado assinado pelo diretor Financeiro e de Relações com Investidores da estatal, Cezar Eduardo Lindenmeyer.
No documento, a Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica – CEEE-GT (braço de geração e transmissão do grupo) informa “aos seus acionistas, investidores e ao mercado em geral, em continuidade ao conteúdo dos fatos relevantes e comunicados ao mercado já publicados, que o processo de desinvestimento instruído no âmbito do Edital do Leilão de Alienação nº 000001/2018 está suspenso pelo prazo necessário à avaliação sobre a pertinência de eventuais ajustes”. A nota não detalha o que seriam esses ajustes.
As ações da CEEE-GT que seriam colocadas à venda são as da Companhia Energética Rio das Antas (Ceran), Chapecoense Geração (Chapecoense), Campos Novos Energia (Enercan), Fronteira Oeste Transmissora de Energia (Fote), Transmissora Sul Litorânea de Energia (TSLE) e Empresa de Transmissão Alto Uruguai (Etau).
A mais valorizada das participações do grupo concentra-se na Ceran, empresa responsável pela operação de três hidrelétricas na região Nordeste do Estado. Os 30% da CEEE-GT na companhia são estimados em R$ 301,819 milhões.
O presidente do Grupo CEEE, Urbano Schmitt, inicialmente, previa que o leilão das participações, que seriam oferecidas em lotes individuais, fosse disputado até a primeira quinzena de dezembro. Nesse processo, seriam respeitados os acordos de acionistas firmados com os sócios da estatal nesses investimentos, observando o direito de preferência dos acionistas para a potencial compra do percentual de participação da companhia.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia