Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 07 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Varejo

07/12/2018 - 18h33min. Alterada em 08/12 às 00h40min

Havan abre primeira loja no Rio Grande do Sul e projeta cinco para 2019

Depois da unidade de Passo Fundo (foto), rede quer inaugurar mais cinco megalojas no Estado em 2019

Depois da unidade de Passo Fundo (foto), rede quer inaugurar mais cinco megalojas no Estado em 2019


Havan/Divulgação/JC
Paulo Egídio
Onze meses depois do anúncio da entrada da rede no Rio Grande do Sul, abre neste sábado (8), em Passo Fundo, a primeira loja da varejista catarinense Havan em território gaúcho. Com investimento de R$ 25 milhões, o empreendimento ficará na avenida Brasil, principal via do município, e oferecerá mais de 100 mil itens aos consumidores.
A megaloja tem 7,5 mil metros quadrados construídos e receberá a fachada estilizada da Casa Branca, sede do governo dos Estados Unidos, e uma réplica da Estátua da Liberdade, tradicionais símbolos da marca. Programado para as 10h, o evento de inauguração terá a presença do dono da Havan, Luciano Hang, e dos apresentadores Ratinho e Celso Portiolli, além de atrações musicais.
De acordo com Hang, a próxima unidade deve ser aberta em março de 2019, em Caxias do Sul. A projeção do empresário é de que outros quatro municípios do Estado recebam as megalojas durante o ano. “Vamos acelerar o projeto de abertura de lojas no Rio Grande do Sul, com cinco a dez lojas por ano durante os próximos anos”, promete o empresário, mantendo a meta de inaugurar 50 operações no território gaúcho.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2018/12/07/206x137/1_47368011_2217110828528430_2491264383833866240_o-8563358.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c0b18eb9fd21', 'cd_midia':8563358, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2018/12/07/47368011_2217110828528430_2491264383833866240_o-8563358.jpg', 'ds_midia': 'Havan chegada ao Rio Grande do Sul - presidente da rede - Luciano Hang se veste de gaúcho no perfil do Facebook ', 'ds_midia_credi': 'FACEBOOK/DIVULGAÇÃO/JC', 'ds_midia_titlo': 'Havan chegada ao Rio Grande do Sul - presidente da rede - Luciano Hang se veste de gaúcho no perfil do Facebook ', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}
Para entrar no clima da estreia, Hang postou foto no perfil do Facebook vestido de gaúcho segurando o chimarrão 
O principal empecilho para a abertura de novas lojas, conforme o dono da Havan, são os sindicatos de trabalhadores. “Nada mais é do que uma retorica ideológica. Quem deve escolher se quer ou não trabalhar são os colaboradores. Precisamos estar com a loja aberta quando o cliente quer comprar”, diz Luciano Hang.
A loja de Passo Fundo é a 120ª filial da varejista catarinense no País, vai gerar 150 empregos diretos e funcionará todos os dias, inclusive domingos e feriados, das 9h às 22h. Como é tradicional na Havan, o empreendimento contará com um mix com produtos que vão desde eletrônicos, bazar, decoração e presentes até itens de cama, mesa e banho.
Além de atuar no varejo, a companhia possui projetos de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) no Estado. Atualmente, o chamado Complexo Toropi tem unidades sendo construídas nos municípios de Quevedos, São Martinho da Serra e Júlio de Castilhos e soma uma capacidade instalada de 63 MW.
Segundo Hang, sem a aprovação dos projetos das PCHs, a rede de lojas não se instalaria no Estado. “Sem a coragem do governador (José Ivo) Sartori de aprovar os projetos, nós estaríamos fora do Rio grande do Sul”, afirma o empresário.
> Investimento da Havan é citado no Anuário de Investimentos 2018
> Havan pretende abrir 22 lojas até 2022 no Rio Grande do Sul
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia