Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

negócios corporativos

Alterada em 03/12 às 18h32min

Carrefour confirma previsão de R$ 2 bilhões de investimento em expansão em 2019

Estadão Conteúdo
O Carrefour reafirmou sua previsão de investir em 2019 cerca de R$ 2 bilhões em expansão, montante que se compara a R$ 1,8 bilhão investidos em 2018. Em encontro com jornalistas em São Paulo, o presidente do grupo Carrefour Brasil, Noël Prioux, confirmou a previsão de investimentos no Atacadão, comércio eletrônico e lojas de proximidade. A elevação dos investimentos já havia sido noticiada pelo Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) em entrevista exclusiva com Prioux no publicada no ano passado.
A companhia prevê inaugurar 20 lojas Atacadão em 2019, mesmo número de 2018. Já nos formatos de proximidade (Carrefour Market e Carrefour Express), a empresa não divulgou uma previsão de aberturas, mas Prioux considerou que, após um ano de ajustes no modelo, a empresa estuda acelerar a expansão, possivelmente no segundo semestre de 2019.
Em 2018, o Carrefour abriu 11 lojas Market (supermercado) e 7 Express (convêniencia). "Foi um ano para ajustar os modelo. Há boas ideias e esperamos mais alguns meses para entender. Se confirmado o resultado que estamos obtendo, pode ser um momento de acelerar", disse.
Prioux considerou, no entanto, que acredita que o modelo de proximidade tem desafios e poucas empresas conseguem geri-lo bem. "Por isso preferimos tomar tempo antes de decidir por acelerar", conclui.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia