Porto Alegre, sexta-feira, 13 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

mercado financeiro

22/11/2018 - 11h30min. Alterada em 22/11 às 11h30min

Ibovespa abre em leve alta, mas liquidez é baixa em dia de feriado nos EUA

Contrariando o pré-mercado, cujo indicativo era de queda, o Ibovespa abriu marcando sucessivas máximas e se estabilizou em leve alta. O movimento do índice vai na contramão de seus pares na Europa que operavam na manhã desta quinta-feira (22) em terreno negativo. O dia é de baixa liquidez sem nos mercados pelo feriado americano e o índice à vista tende a variar mais do que em outros pregões.
Contrariando o pré-mercado, cujo indicativo era de queda, o Ibovespa abriu marcando sucessivas máximas e se estabilizou em leve alta. O movimento do índice vai na contramão de seus pares na Europa que operavam na manhã desta quinta-feira (22) em terreno negativo. O dia é de baixa liquidez sem nos mercados pelo feriado americano e o índice à vista tende a variar mais do que em outros pregões.
Às 11h13min (de Brasília), o Ibovespa subia 0,38%, aos 87.601 pontos.
Sem o referencial do mercado acionário dos Estados Unidos, onde é feriado do Dia de Ação de Graças, os investidores podem voltar os olhos com mais atenção para o desenrolar dos assuntos referentes à transição de governo no país.
No exterior, mais cedo, a Comissão Europeia e o Reino Unido chegaram a acordo para fazer um comunicado político sobre os futuros laços após a saída dos britânicos do bloco.
Em declaração política sobre a relação futura entre as duas partes os atores envolvidos dizem que a relação comercial será "tão próxima quanto possível" após o Brexit. O documento, contudo, não faz menção a um comércio de mercadorias "livre de atritos", termo exaustivamente repetido pela primeira-ministra britânica, Theresa May, nos últimos meses.
Do lado das commodities, o preço do minério de ferro no porto de Qingdao, na China, recuou 2,54%. Já os contratos futuros de petróleo operam em queda, sendo que o do WTI e do Brent com vencimento em janeiro de 2019 recuavam 0,29% e 0,08%, respectivamente, pouco antes do fechamento deste texto.
Por aqui, em dia de fraca agenda de indicadores, atenção ainda a respeito das definições sobre a aprovação pelo Senado do projeto de lei sobre a cessão onerosa. Na quarta-feira, a sessão parlamentar foi encerrada sem que fosse discutida a revisão do contrato entre a União e a Petrobrás.
O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), defendeu que o projeto seja aprovado pela Casa sem emendas, para evitar que o texto precise ser novamente apreciado pela Câmara dos Deputados.
As emendas apresentadas pelos senadores buscam fazer com que os recursos arrecadados pela União com o leilão do excedente de petróleo na área da cessão onerosa sejam divididos com Estados e municípios. Em vez disso, Eunício defende que a repartição seja uma garantia prometida pelo governo, feita por meio do Fundo Social.
No radar dos investidores também novos anúncios durante a transição de governo, sendo que um dos mais recentes na área econômica foi a escolha para a presidência da Caixa do economista Pedro Guimarães, sócio do banco de investimentos Brasil Plural e especialista em privatizações.
Atenção ainda para a participação do ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, no evento Macro Day BTG Pactual de perspectivas e cenário macroeconômico 2019, em São Paulo.