Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 09 de novembro de 2018.
Dia do Hoteleiro.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

serviços

Alterada em 09/11 às 10h48min

Correios reajustam tarifas dos serviços postais em até 5,99%

Segundo os órgão, o reajuste considerou a inflação medida pelo IPCA

Segundo os órgão, o reajuste considerou a inflação medida pelo IPCA


FLAVIA DE QUADROS/ARQUIVO/JC
Folhapress
O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações publicou nesta sexta-feira (9), no Diário Oficial da União, portaria que autoriza o reajuste nas tarifas dos serviços postais prestados em regime de exclusividade pelos Correios, informou a instituição.
A correção média autorizada para este ano é de 5,99% para serviços nacionais e internacionais. O primeiro porte da carta comercial, por exemplo, terá seu valor atualizado de R$ 1,85 para R$ 1,95, já a carta não comercial passará de R$ 1,25 para R$ 1,30.
No caso de telegrama nacional redigido pela internet, a nova tarifa é de R$ 8,15 por página -antes, era de R$ 7,69.
Segundo os Correios, o reajuste considerou a inflação - medida pelo IPCA - acumulada entre fevereiro de 2017 e setembro de 2018.
As novas tarifas não se aplicam aos segmentos de encomendas e marketing.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia