Porto Alegre, sábado, 14 de março de 2020.
Dia Nacional da Poesia. Dia do Vendedor de Livros.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

tecnologia

21/10/2018 - 11h39min. Alterada em 21/10 às 11h39min

Celulares entram no horário de verão antecipadamente e confundem usuários

Folhapress
Usuários das redes sociais relataram no início da madrugada deste domingo (21) que os horários de seus celulares e computadores "pularam" automaticamente de meia-noite para uma hora da manhã, como se fosse o início do horário de verão no Brasil.
Usuários das redes sociais relataram no início da madrugada deste domingo (21) que os horários de seus celulares e computadores "pularam" automaticamente de meia-noite para uma hora da manhã, como se fosse o início do horário de verão no Brasil.
Por decisão do governo, o horário de verão começa apenas no dia 4 de novembro e não em outubro como em anos anteriores.
A alteração automática provocou confusão e gerou dúvidas entre as pessoas que não tinham certeza sobre o início do horário de verão.
"Por favor, alguém pode me informar que horas são?", perguntou um usuário do Twitter no início da madrugada. "Não estou entendendo nada", escreveu outra pessoa. "Se ninguém me falasse, eu nem ia perceber que já é horário de verão", confundiu-se uma internauta.
No Twitter, os termos "horário de verão" e "que horas são" ficaram entre os dez primeiros assuntos durante a madrugada.
Há uma semana, uma falha provocou o ativamente do horário de verão em celulares da operadora TIM. A empresa pediu desculpas a seus clientes.
De acordo com os relatos na madrugada deste domingo, desta vez o problema afetou celulares de várias operadoras e sistemas operacionais, em diversas partes do país, além de computadores.
O anúncio de que o horário de verão começa no dia 4 de novembro foi feito pelo governo na segunda-feira (15). Foi um recuo de decisão anterior, quando o governo havia acatado pedido do Ministério da Educação para adiar em duas semanas o início, por causa do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
Normalmente, o programa começa em outubro, mas houve postergação para que a data não coincidisse com o segundo turno das eleições, no próximo dia 28.
Até o momento não foram divulgadas explicações para o erro desta madrugada.
É a segunda confusão em uma semana. Na segunda-feira 15, alguns aparelhos com sistema iOS, da Apple, se adiantaram e acordaram seus donos uma hora mais cedo. O erro ocorreu de domingo (14) para segunda (15). Foi exatamente no dia 14 de outubro que o horário de verão começou no ano passado.