Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 23 de agosto de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia

Edição impressa de 22/08/2018. Alterada em 23/08 às 15h09min

Panvel aceita pagamento pelo celular nas lojas

Facilidade já pode ser acessada pelos clientes em 160 pontos físicos

Facilidade já pode ser acessada pelos clientes em 160 pontos físicos


/CLAITON DORNELLES /JC
Patricia Knebel
Os clientes da Panvel já não precisam mais levar dinheiro ou cartão de crédito para pagar as suas compras nas lojas da rede de farmácia. Já está em operação, em 160 filiais da marca, o Panvel Go, sistema que possibilita que o pagamento seja feito diretamente pelo smartphone, sem que o cliente precise ir até o caixa. Essa é a primeira vez no setor farmacêutico no País em que uma compra feita em uma loja física migra para pagamento via app.
O uso é bastante simples. Basta instalar o aplicativo da Panvel no smartphone, clicar na opção Panvel Go e cadastrar os dados do cartão de crédito. Ao chegar à loja, o cliente escolhe os produtos, que vão sendo cadastrados no tablet pelo atendente (via leitura do código de barras). Ao final, ele envia a cesta de compras virtualmente para o smartphone do cliente.
"O usuário recebe em alguns segundos o resumo, confere na tela e conclui a compra com um clique. É uma carteira digital em que o cliente nem precisa ir até o caixa para fechar a compra", relata o gerente de Tecnologia da Informação (TI) da Panvel, Alexandre Arnold. Outra opção é fazer essa pré-venda no salão e encaminhar o cliente para pagar no caixa.
Isso tudo é possível porque o software OmniPharma, instalado nas lojas no balcão de atendimento, faz a conexão com o aplicativo do cliente e conclui a compra. Esse sistema é um avanço em relação aos pagamentos por aproximação no pin pad, como Apple Pay e Samsung Play - também aceitos na Panvel -, porque tem como vantagem não necessitar a ida do cliente até o caixa.
O desenvolvimento da tecnologia de carteira digital faz parte de um projeto iniciado em 2015 de criar uma plataforma modular que unificasse todos os canais de contato da rede com o seu consumidor. "Temos uma espécie de chassi em cima do qual foram sendo desenvolvidos, de forma unificada, todos os nossos sistemas, como o software do PDV, do e-commerce, do aplicativo e do televendas", conta Arnold.
O gestor comenta que o propósito da Panvel com essa e outras inovações que vem implantando é agilizar o atendimento, tornando mais confortável todo o processo de permanência na loja e reduzindo tempo de fila. "O nosso foco é digitalizar a conveniência do cliente", acrescenta.
Dentro dessa lógica, hoje em dia, é comum o cliente comprar pelo aplicativo ou pelo e-commerce, e agendar para pegar as compras em qualquer uma das 410 lojas da rede. Outra opção, já disponível em duas lojas de Porto Alegre (Cristóvão Colombo esquina com a Coronel Bordini, e na 24 de outubro, em frente ao Parcão), é retirar em um locker (armário). No local, ele digita a senha e seu CPF em uma tela, o armário se abre, e ele retira a mercadoria.
A empresa também oferece sinal de Wi-Fi para os clientes em 18 lojas e, em novembro, serão 70. Em 2019, a meta é ter 80% das lojas com internet gratuita. Um dos diferenciais é que o usuário faz login uma única vez, e depois o sinal passa a estar disponível em todas as unidades.
No final de 2016, a Panvel lançou o seu chatbot atrelado ao Messenger, do Facebook, que hoje realiza de 20 mil a 30 mil atendimentos por mês de forma autônoma. O Ben, robô criado em parceira com uma startup, oferece atendimento completo, como informação de produtos, localização das lojas mais próximas; e até realiza vendas pelo Facebook.
O fortalecimento da cultura digital é um dos pilares da Panvel para expandir suas operações. A empresa, que faturou R$ 2,4 bilhões no ano passado, vai abrir 40 novas lojas neste ano.
> VÍDEOS JC: Confira como funciona a compra na loja 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia