Porto Alegre, sábado, 14 de março de 2020.
Dia Nacional da Poesia. Dia do Vendedor de Livros.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Tecnologia

11/07/2018 - 01h09min. Alterada em 11/07 às 01h00min

Brasil já tem quase 3 milhões de contas-correntes 100% digitais

Cinco instituições financeiras somam 2,88 milhões de contas 100% digitais no Brasil, segundo dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Foram consideradas contas-correntes digitais - movimentadas pelos celulares e abertas sem a necessidade de ir a uma agência física - no Bradesco, Banco do Brasil, Itaú, Inter e Original.
Cinco instituições financeiras somam 2,88 milhões de contas 100% digitais no Brasil, segundo dados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Foram consideradas contas-correntes digitais - movimentadas pelos celulares e abertas sem a necessidade de ir a uma agência física - no Bradesco, Banco do Brasil, Itaú, Inter e Original.
Dados da Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária mostram que a abertura de contas digitais pelos celulares quase triplicou em 2017, totalizando 1,6 milhão no ano, ou seja, quase 4,4 mil abertas por dia. Isso representa uma alta de 171% em relação ao ano anterior, quando 591 mil contas foram criadas somente por meio de smartphones.
De acordo com a entidade que representa os bancos, foi a partir da Resolução nº 4.480, de 25 de abril de 2016, que o Banco Central (BC) permitiu a abertura e o encerramento de contas bancárias por meio eletrônico, sem a necessidade de ir a uma agência.