Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 27 de junho de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Notícia da edição impressa de 27/06/2018. Alterada em 27/06 às 01h00min

Agricultura familiar terá R$ 31 bilhões paraa safra 2018/2019

O governo federal anunciou R$ 31 bilhões em recursos para a agricultura familiar na safra 2018/2019, que começa neste domingo. O anúncio atualiza o Plano Plurianual 2017/2018 da Agricultura Familiar. Segundo informações da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), os recursos superam em R$ 1 bilhão os R$ 30 bilhões do atual período.
Os juros, que variavam entre 0,5% e 5,5% ao ano, terão o teto reduzido para 4,6% ao ano no próximo período. O limite máximo para os financiamentos passa de R$ 360 mil para R$ 415 mil dentro do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf) e para o enquadramento no microcrédito, de agricultores de baixa renda, passa de R$ 20 mil para R$ 23 mil. O anúncio ocorreu um dia após o governo vetar, por medida provisória, a renegociação de cerca de R$ 15,5 bilhões dívidas de pequenos produtores.
Para a Fetag-RS, o anúncio é mais um exemplo da desvalorização do setor por parte do governo federal. O aumento da disponibilização de recursos para financiamento e a elevação de teto de enquadramento para acesso a políticas públicas são importantes, porém os juros continuam altos, os recursos para o seguro rural, o Pgpaf e os programas de comercialização, a exemplo do PAA, têm recursos insuficientes. A entidade avisa que a agricultura familiar realizará fortes mobilizações nos próximos dias, estas ações serão articuladas com as ações nacionais da Contag.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia