Porto Alegre, sábado, 14 de março de 2020.
Dia Nacional da Poesia. Dia do Vendedor de Livros.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Tecnologia

26/06/2018 - 12h05min. Alterada em 26/06 às 12h15min

Instagram é avaliado em US$ 100 bilhões, revela agência Bloomberg

O aplicativo alcançou bilhão de usuários ativos e pode superar os US$ 10 bilhões em receitas em 2019

O aplicativo alcançou bilhão de usuários ativos e pode superar os US$ 10 bilhões em receitas em 2019


CLAITON DORNELLES /JC
Folhapress
O Instagram tem valor de mercado de US$ 100 bilhões, segundo estimativa da agência de notícias Bloomberg, indicando que o Facebook multiplicou por 100 o valor da rede social de fotos desde a sua aquisição, em 2012.
O Instagram tem valor de mercado de US$ 100 bilhões, segundo estimativa da agência de notícias Bloomberg, indicando que o Facebook multiplicou por 100 o valor da rede social de fotos desde a sua aquisição, em 2012.
O aplicativo, que disse na semana passada ter alcançado 1 bilhão de usuários ativos, pode superar os US$ 10 bilhões em receitas no próximo ano, ainda de acordo com relatório da Bloomberg. A expectativa é de que o número de usuários da rede poderá dobrar nos próximos cinco anos, patamar já alcançado pelo Facebook, que cresce em velocidade mais lenta.
Além disso, a rede de fotos poderá responder por 16% da receita do Facebook neste ano, acima dos 10,6% registrados no ano passado, segundo dados da consultoria eMarketer citados pela Bloomberg. Também na semana passada, o Instagram anunciou o serviço IGTV, que deve competir com o YouTube, do Google.
Em comunicado, o Instagram disse que o "IGTV foi criado para a forma como você usa do seu celular: os vídeos ocupam a tela toda na vertical". Para ver o vídeo em toda a tela, o usuário do YouTube precisa virar o aparelho na horizontal.